Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Cortejo de Papel realiza-se mas num formato reduzido
14-08-2020
As tradicionais Festas de São Bartolomeu vão ser este ano significativamente diferentes. Dado o contexto atual, o Cortejo do Traje de Papel, que sairá às ruas da Foz do Douro na manhã do dia 23, conta com a participação de um reduzido número de pessoas. Ainda assim, a data não vai passar em branco e será assinalada respeitando as medidas preventivas definidas pelas autoridades de saúde e governamentais.

Da Cantareira até à Foz, o desfile adapta-se ao tempo de pandemia. Em vez das centenas de pessoas que habitualmente engalanavam à sua passagem os últimos quilómetros que ligam o rio ao mar, será antes um grupo restrito a não deixar cair por terra a tradição centenária do Cortejo do Traje de Papel.

Organizado pela União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde, o evento que habitualmente agremia o envolvimento de inúmeras associações locais, conta nesta edição apenas com a participação da Associação de Moradores de Aldoar, da Associação de Moradores do Bairro Social da Pasteleira e do Orfeão da Foz do Douro.

A confeção dos trajes, à mesma escala reduzida, iniciou mais tarde, saltando os largos meses de preparação que um cortejo desta magnitude normalmente exige. Em declarações ao JN, o presidente da União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde, Nuno Ortigão, explica que os trabalhos só arrancaram no início de junho porque as costureiras são "pessoas de idade", pelo que foi necessário assegurar que estavam reunidas todas as condições de segurança.

O "minicortejo" - muito pedido pela população local - inicia, assim, às 11 horas do penúltimo domingo do mês de agosto.

Mais atrativos das Festas de São Bartolomeu

No Forte de S. João Baptista vão estar em exposição muitos fatos que já desfilaram em anos anteriores, relacionados com a temática da celebração dos 200 anos da Revolução Liberal do Porto.

Já o V Mercado de São Bartolomeu abre uma semana antes do cortejo, instalando-se no Jardim do Passeio Alegre a partir de amanhã, sábado, entre as 10 e as 19 horas. Depois do primeiro fim de semana (15 e 16 de agosto), o mercado volta a reabrir nos dias 22 e 23, e nos dias 29 e 30 de agosto, dentro do mesmo horário.

No recinto dos dois espaços o uso de máscara é obrigatório.