Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

U.Porto celebra acordos de cooperação com Universidade de Cabo Verde
16-07-2019
A Universidade do Porto e a Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) estabelecem acordos de cooperação nas áreas de Farmácia, da Física e Química, da Engenharia Informática e da Multimédia, com o objetivo de intensificar a cooperação científica e académica entre as duas instituições. 

Assim, no dia 10 de julho, os reitores António de Sousa Pereira (U.Porto) e Judite Nascimento (Uni-CV) assinaram um conjunto de acordos com base no acordo geral assinado pelas duas universidade em junho de 2018, e que estabelecia "uma cooperação académica, científica e cultural em todos os campos de interesse comum".

"Além de áreas que já temos protocoladas e em andamento, como sejam as várias áreas de formação de professores, vitais para o desenvolvimento educativo de Cabo Verde, ou das Ciências Agrárias, a cooperação foi agora alargada institucionalmente às áreas da Farmácia, da Física e Química, da Engenharia Informática e da Multimédia", salienta Maria de Lurdes Correia Fernandes, Vice-Reitora da U.Porto com o pelouro das Relações Internacionais.

Em adenda ao protocolo original, foram assinadas cinco parcerias no âmbito dos cursos de mestrado integrado em Ciências Farmacêuticas, Educação Médica e Físico-Química, e dos mestrados em Engenharia Informática e em Tecnologia Multimédia da Uni-CV, com a colaboração das faculdades de Ciências (FCUP), Engenharia (FEUP), Farmácia (FFUP) e Medicina (FMUP) da U.Porto. Para o efeito, esta "compromete-se a permitir a deslocação dos seus docentes e investigadores para colaborarem nas atividades promovidas pela Uni-CV".

"Já temos alguns docentes da U.Porto a cooperar diretamente com colegas da UniCV, temos investigadores de Cabo Verde a trabalhar na U.Porto e vamos colaborar no desenho curricular de vários Mestrados Integrados e Mestrados autónomos nas áreas acima referidas. No âmbito do programa Erasmus+, na ação 1 (International Credit Mobility) temos aprovadas várias bolsas de e para Cabo Verde e estamos a preparar um projeto de Capacity Building nas áreas da Internacionalização e do Reconhecimento Académico", explica Maria de Lurdes Correia Fernandes.

"Estes acordos são muito importantes pois a comunidade estudantil cabo-verdiana é a maior depois da brasileira. Por outro lado "existem já práticas de cooperação pontual que pretendemos reforçar e alargar, que existem áreas de formação e investigação que, em colaboração, poderão facultar desenvolvimentos científicos relevantes em diversas áreas, de interesse para ambas universidades", concluiu a vice-reitora.