Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

O que aconteceu na cidade a 18 de setembro de 1865?
18-09-2019
Há precisamente 154 anos foi inaugurado o Palácio de Cristal, pelo rei D. Luís, acompanhado de Dona Maria Pia e do príncipe herdeiro, Carlos I. Um marco histórico, que mudaria para sempre a forma como os portuenses vivem a cidade.

Da autoria do arquiteto inglês Thomas Dillen Jones, o edifício inspirava-se no Crystal Palace de Londres. De imagem imponente e sedutora, foi construído para acolher a primeira Grande Exposição Internacional do Porto, de 1865, um evento à escala mundial que resultou num enorme sucesso para a cidade e para o país.

Nos documentos históricos esse objetivo era declaradamente expresso:

"A Sociedade do Palacio de Crystal Portuense resolveu, em Sessão de 4 de Novembro, celebrar uma pomposa festa do trabalho no seu magnífico edifício e jardins, com uma exposição internacional em 21 de Agosto de 1865, a qual foi approvada pelo Governo de Sua Magestade em portaria de 17 de Outubro, e cujos programas vão ser immediatamente distribuídos".

Reuniu expositores vindos de vários países da Europa e do Mundo, nomeadamente do Reino Unido, da Alemanha, da França, do Brasil, da Espanha, da Bélgica, da Dinamarca, da Rússia, da Holanda, da Turquia, dos Estados Unidos da América e do Japão.

O Palácio de Cristal tinha 150 metros de comprimento por 72 metros de largura e era constituído por três naves. Depois de 86 de existência, tempos em que acolheu muitas outras exposições e em que também foi um importante espaço de cultura, foi demolido em 1951.

A pretexto do Campeonato Mundial de Hóquei em Patins, foi erguido no seu lugar uma nave de betão armado, a que foi dado o nome de Pavilhão dos Desportos, segundo projeto do arquiteto José Carlos Loureiro e do engenheiro António dos Santos Soares.

Em 1991, passou a designar-se Pavilhão Rosa Mota, em homenagem à atleta olímpica do Porto, Rosa Mota.

Mas a designação Palácio de Cristal perdura até aos nossos dias, eternizada nos Jardins do Palácio de Cristal, hoje totalmente requalificados, mantendo o romantismo de outrora, com o traço do arquiteto paisagístico que os desenhou, Émile David.

Também o Pavilhão Rosa Mota - Super Bock Arena vai brevemente apresentar-se à cidade, totalmente requalificado.