Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Espaço-loja da Porto Design Biennale está de portas abertas no Palacete Viscondes de Balsemão
20-09-2018
Está inaugurado o espaço-loja da Porto Design Biennale no Palacete dos Viscondes de Balsemão. A cerimónia de abertura decorreu ontem ao final da tarde e serviu também para apresentar ao público a programação síntese da 1.ª edição da PDB'19, que se inicia em setembro do próximo ano.

O prólogo da Porto Design Biennale cumpriu-se. Ontem, em três momentos distintos, a imprensa ficou a conhecer o vasto programa do evento, que vai sendo atualizado ao longo dos próximos meses com a sedimentação de mais exposições e iniciativas, e foram inaugurados os dois espaços-loja que, até ao arranque da PDB'19, servirão para ativar um conjunto de ações que despertem a curiosidade do público para a bienal que se aproxima.

No Porto, o espaço-loja está localizado no Palacete dos Viscondes de Balsemão (que integra o Museu da Cidade), e segundo disse ao "Porto." o curador geral da PDB'19, José Bártolo, pretende funcionar como "um espaço de acolhimento e de receção aos visitantes que vão começar a perguntar-se pela Porto Design Biennale, mas também um espaço de divulgação e comercialização do design português".

Também para o diretor geral da PDB'19, Sérgio Afonso, a ativação deste espaço impunha-se como forma de, com um ano de antecedência, "pôr a [Porto Design] Biennale a mexer com a cidade". De acordo com o responsável, "a opção de transferirmos a programação pré-bienal para duas lojas, uma no centro do Porto e outro no centro de Matosinhos, é precisamente tomada para criar essa dinâmica de eventos ligados à Biennale e não só", sublinhando que haverá ainda espaço para eventos associados à divulgação do design português no espaço urbano.

Quanto a objetivos para a primeira edição da Porto Design Biennale, Sérgio Afonso confirma existir "um grande vazio em termos institucionais do design em Portugal" e que, por esse motivo, "este é um projeto ambicioso" que pretende "começar a ocupar o lugar vazio que foi deixado pelo desaparecimento do Centro Português de Design", por exemplo, identificando dois fortes aliados: academia e indústria.

José Bártolo acrescenta que a intenção é "consolidar uma grande bienal internacional de design, que fique na rede dos grandes eventos do setor a nível global", destacando que fazia sentido fazê-lo pela classe profissional e "por duas cidades com uma dinâmica cultural ímpar".

Entretanto, a programação vai sendo atualizada no site da PDB'19 e "divulgada progressivamente noutros eventos que faremos", refere o curador geral, relembrando a existência de uma programação satélite gerida por diversas entidades externas à organização da Biennale, além de uma open call que será lançada brevemente.

A inauguração do espaço-loja no Palacete dos Viscondes de Balsemão contou com DJ set e com a presença de um vasto grupo de designers, de profissionais ligados ao setor e do público geral. Horas antes, foi inaugurado o espaço-loja de Matosinhos, no interior da Real Vinícola.