Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Rui Moreira e Rosa Mota inauguram duplicação do Parque Oriental da Cidade com passeio aberto a todos
18-10-2019
Caminhada, marcha ou corrida? É à escolha de cada um a forma como pode associar-se à inauguração do duplicado Parque Oriental da Cidade do Porto, que acontece na tarde deste domingo e conta com a participação do presidente da Câmara, Rui Moreira, e da atleta Rosa Mota.

A sessão visa dar a conhecer a requalificação do Parque Oriental da Cidade e dos seus percursos pedestres, bem como a extensão da sua área, que foi aumentada de 8 para cerca de 18 hectares, conferindo assim uma nova dimensão e importância a este "pulmão verde" do Porto situado em Campanhã.

O início está marcado para as 15 horas, mas o autarca e a ex-campeã olímpica e mundial da maratona dão tempo para que, a partir das 14h30, a equipa da Cruz Vermelha ali presente proceda a rastreios de saúde gratuitos aos interessados.

O ponto de encontro é o Pavilhão Municipal do Lagarteiro, frente à entrada principal do parque (Avenida de Francisco Xavier Esteves), e serão oferecidos kits de participação compostos por boné, t-shirt, saco e água.

Após a indispensável sessão de aquecimento físico ministrada pelos professores do programa "Domingos em Forma", é então iniciado o percurso pedestre até ao Pego Negro, ficando à decisão de cada participante a escolha entre os diferentes trajetos disponíveis.

Mas há também animação e diversão no programa, que prevê uma paragem às 16 horas para uns recuperarem o fôlego enquanto outros participam em jogos tradicionais dinamizados pela Fundação Inatel.

Pelas 16,30 horas, a atividade termina com os aconselháveis alongamentos, novamente sob orientação profissional, após o que uma banda estará encarregada de animar este fim de tarde no renovado espaço verde.

Ainda desconhecido por muitos, o Parque Oriental da Cidade é desde há muito tempo palco habitual de diversas atividades desportivas e de animação, normalmente de acesso livre, mas ganha agora outro potencial com a duplicação da sua área para 180 mil metros quadrados, onde é sempre possível descobrir recantos, ouvir as aves e usufruir do contacto com a natureza.