Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Porto está no grupo dos centros tecnológicos em rápido crescimento
09-11-2018
A cidade do Porto está no conjunto dos maiores clusters tecnológicos em crescimento na região EMEA, que agrega os países da Europa, Médio Oriente e África.

Segundo o "EMEA Tech Cities Opportunities in Technology Hotspots", publicado pela consultora imobiliária mundial CBRE, o Porto ocupa a 7.ª posição da lista dos clusters em crescimento, que é liderada por Derby/Nottingham. Seguem-se Florença, Cracóvia, Leeds, Vigo e Katovice.

O estudo fornece informação que permite avaliar as características dos clusters tecnológicos em termos económicos, de arrendamento e de emprego a nível regional e municipal. A análise identifica quatro categorias distintas de centros de tecnologia na região EMEA, com base no nível, concentração e crescimento do emprego no setor tecnológico. Esta abordagem reflete o facto de os clusters de tecnologia serem muito diversos na sua estrutura, custos e atração para subsetores especializados de tecnologia.

Os clusters tecnológicos são considerados importantes na medida em demonstram o valor do trabalho e das competências na evolução das cidades neste domínio, já que as empresas do setor não têm habitualmente ligações ou laços com as cidades e, pelo contrário, baseiam as suas decisões de localização geográfica em vetores como a mão-de-obra específica.

Londres lidera a lista dos maiores centros tecnológicos, uma posição que é atribuída à capacidade de atrair jovens talentos da geração millennial. As oportunidades de emprego no setor das tecnologias da informação e das comunicações aumentou 20% desde 2008, com a proporção de emprego nas TIC a ser quase duas vezes e meia superior à média da União Europeia. Londres tem uma forte conjugação de subsetores, sem que uma única atividade domine as oportunidades de emprego, o que reflete a posição da cidade como um dos principais centros de tecnologia do mundo.