Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Porto e Banguecoque estreitam laços pela cooperação no turismo
02-11-2018

Há a partir de hoje um Memorando de Entendimento que une Porto e Banguecoque pela cooperação no turismo. Foi este o ponto alto da visita que, por estes dias, levou o presidente da Câmara do Porto e o vereador da Economia, Turismo e Comércio, Ricardo Valente, à capital da Tailândia, para uma série de encontros com várias entidades governamentais e empresários locais, que incluiu a receção do Governador de Banguecoque a Rui Moreira.


O Memorando de Entendimento na Cooperação do Turismo, assinado por Ricardo Valente, em representação do Município do Porto, e por Thaweesak Lertprapan, vice-governador da Administração Metropolitana de Banguecoque, compromete as cidades subscritoras ao "estabelecimento de Boas Práticas de Turismo", entre as quais a manutenção do seu caráter autêntico e tradicional.


Reconhecendo também a "importância do turismo cultural enquanto fonte de identidade e diferenciação", neste acordo fica igualmente assente o desenvolvimento de "estratégias comuns para dinamização deste setor, tão representativo das duas cidades, como âncora para a captação de um turismo de qualidade e gerador de experiências no destino".


Sumariamente, o Memorando traça como objetivo a promoção da sustentabilidade cultural, considerando a riqueza do património histórico do Porto e Banguecoque, que ambas as cidades têm consciência de que é necessário preservar.


Formalizado enquanto adenda ao Protocolo de Estabelecimento de Relações de Amizade assinado em julho de 2016, este acordo procura assim consolidar as relações diplomáticas e as sinergias entre Porto e Banguecoque, consideradas por três vezes Melhor Destino Europeu, em 2012, 2014 e 2017 e Melhor Destino Ásia-Pacífico, em 2016, 2017 e 2018, não esquecendo "a profunda ligação histórica que une as duas geografias", marcada pelas comemorações dos 500 anos do Tratado de Comércio e Amizade entre Portugal e o Reino do Sião.


Antes da assinatura do Memorando, Aswin Kwanmuang, governador da Administração Metropolitana de Banguecoque, recebeu o presidente da Câmara do Porto, num encontro que ficou marcado pela amistosa conversa entre os autarcas e em que também estiveram presentes várias entidades locais, entre as quais os dois vice-governadores e o embaixador português na Tailândia, Francisco Vaz Patto.


Turismo do Porto na Embaixada Portuguesa de Banguecoque


No dia anterior, a comitiva foi recebida por Francisco Vaz Patto na Embaixada Portuguesa em Banguecoque, onde teve oportunidade de apresentar o Turismo do Porto e a região do Douro a membros da BMA - Bangkok Metropolitan Association (organismo equivalente à Câmara Municipal) e da Associação Tailandesa de Agências de Viagens, numa iniciativa conjunta da AICEP - Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal e do Município do Porto.


Antes deste encontro na Embaixada, o vereador Ricardo Valente teve uma reunião na BMA com responsáveis pelo Turismo e pelo Planeamento Urbano de Banguecoque, na qual se debateram várias estratégias relacionadas com o setor e se avaliou o seu impacto na vida corrente das cidades.