Parceiros europeus refletem sobre Educação e Emprego na economia das cidades - Notícias - Portal de notícias do Porto. Ponto.
Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Parceiros europeus refletem sobre Educação e Emprego na economia das cidades
17-05-2018
Começou hoje no edifício da Alfândega do Porto a quinta reunião do Grupo de Trabalho sobre o Emprego e Competências na Economia Local, criado no âmbito da Agenda Urbana para a União Europeia. O encontro, que se prolonga até amanhã, é também uma oportunidade para os parceiros europeus conhecerem a dinâmica que se vive na cidade.

O grupo de trabalho foi criado para preparar, adotar e implementar um plano de ação com vista a melhorar a legislação europeia, para aplicação a nível nacional e local, através da partilha de conhecimentos para permitir explorar o potencial e a contribuição das áreas urbanas no contexto dos objetivos de longo-prazo da União Europeia nas áreas de crescimento sustentável e coesão social, económica e territorial.

Após uma primeira reunião em Bruxelas, e encontros subsequentes na Roménia, em Jelgava, em Roterdão, é agora no Porto que prosseguem os trabalhos. Na abertura da sessão, o vereador da Economia, Turismo e Comércio da Câmara do Porto, Ricardo Valente, manifestou a importância desta parceria para a cidade, destacando a o que está a ser feito ao nível local na gestão do talento.

"É uma parceria estratégica que vem de encontro à dinâmica que se vive na cidade nos últimos tempos. Lembro que a InvestPorto criou o serviço Talent Management para gerir os ativos da cidade e responder aos desafios com que hoje nos deparamos. Os investimentos estrangeiros no Porto, por exemplo, são na ordem dos 45% e são de diferentes áreas. Estamos a trabalhar em como gerir este investimento pois acreditamos na Europa, na cidade e na região e em fazê-lo trabalhando juntos", salientou o vereador.

O Porto está representado na sessão de trabalho sobre Educação, Economia e Competências, na qual será apresentado o plano de ação que a cidade tem dentro desta parceria, que engloba municípios como Berlim, Ghent, Kielce, Miskolc ou Turim, organismos como o Banco Europeu de investimento e Eurocities ou o agrupamento representativo dos municípios- CEMR, sediado em Coimbra. Do trabalho em conjunto, pretende-se "criar um plano de ação dentro desta temática, para ser apresentado na União Europeia", referiu Joana Fins Faria, responsável pela área de Talento da InvestPorto.

A Agenda Urbana para a UE congrega uma abordagem mais local e de proximidade face à abordagem efetuada até à data a nível nacional e da Comissão. "A dinâmica aqui é um pouco diferente, a União europeia fazia a apresentação de uma proposta de projeto e agora é o oposto, são os parceiros que trabalham para apresentar uma proposta à União Europeia", explica Joana Fins Faria.

Michael Horgan, representante da DG Employment, referiu, por seu turno, que "é de extrema importância o papel ativo das cidades e municípios no desenvolvimento das competências para conseguirmos adereçar os desafios constantes no emprego deste período de transição".

Para o Porto, o tema mais relevante é a Educação e as Competências, sendo que "o nosso grande desafio enquanto cidade é atrair empresas", o que passa pela retenção "de mão-de-obra altamente qualificada", remata a responsável pelo Talento da InvestPorto.

Recorde-se que, nesta semana, a InvestPorto apresentou a sua nova proposta de valor, reforçando a dinâmica de atratividade da cidade com novos serviços de apoio aos investidores e ao talento.