Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

"Maratona" de Tchékhov no Teatro Municipal do Porto e Teatro Nacional São João
16-09-2020

"A Vida Vai Engolir-vos", espetáculo-maratona de 10 horas, com encenação de Tónan Quito, apresenta quatro das principais peças de Anton Tchékhov: A Gaivota, O Tio Vânia, Três Irmãs e O Ginjal.


As obras do dramaturgo russo podem ser vistas em duas partes, alternadamente no Teatro Municipal do Porto - Rivoli (17 e 19 de setembro) e no Teatro Nacional São João (18 e 19 de setembro), ou de uma só vez, para quem optar pelo dia 19 de setembro.

O ator e encenador Tónan Quito - que anteriormente encenou Ivanov (2010) e Um Inimigo do Povo (2017), com apresentação no Rivoli - criou "A Vida Vai Engolir-vos" a partir de A Gaivota, O Tio Vânia, Três Irmãs e O Ginjal. "Em todas estas peças somos confrontados com uma questão que perseguia Tchékhov: como será a humanidade no futuro? Pergunta que nestes tempos de incerteza e medo parece perseguir cada um de nós", escreve o encenador, no texto de apresentação do seu novo espetáculo.

A primeira parte do espetáculo é apresentada no Rivoli, na quinta-feira, 17 de setembro, às 19 horas, e no sábado, dia 19, às 15 horas. No Teatro Nacional São João, que acolhe a segunda parte, as apresentações estão marcadas para sexta-feira, dia 18, às 19 horas, e também para sábado, dia 19, às 20,30 horas.

Os espectadores podem adquirir o bilhete combinado no valor de 20 euros, que se encontra à venda nas bilheteiras de ambas as salas. O valor do bilhete por sessão, no Rivoli, é de nove euros. No Teatro Nacional São João, o preço de cada sessão varia entre os 7,5 euros e os 16 euros. 

"A Vida Vai Engolir-vos" é uma produção que junta quatro teatros de Lisboa e Porto: Teatro Municipal do Porto - Rivoli, Teatro Nacional São João, Teatro Nacional D. Maria II e São Luiz Teatro Municipal. É interpretado por Álvaro Correia, Gonçalo Waddington, João Pedro Mamede, Leonor Cabral, Miguel Loureiro, Mónica Garnel, Rita Cabaço, Sílvia Filipe e pelo próprio Tónan Quito.

Como forma de homenagear o ator Bruno Candé (que celebraria 40 anos na próxima sexta-feira, dia 18 de setembro), assassinado no passado dia 25 de julho, as receitas de bilheteira da apresentação de 19 de setembro, no Rivoli, reverterão para a família do ator, através da Associação SOS Racismo.

Todas as informações estão disponíveis nos sites do Teatro Municipal do Porto e do Teatro Nacional São João.