Este website usa cookies. Ao continuar a navegar no nosso website está a consentir a utilização de cookies. Aceitar
o portal de notícias do Porto.

Destaques

Festival de Marionetas volta ao Teatro Municipal com grandes nomes da Europa
27-09-2017
Vários espetáculos em estreia, grandes nomes europeus do teatro de objetos e formas animadas e o reforço da Bolsa Isabel Alves Costa são os destaques do Festival Internacional de Marionetas do Porto.

A 28.ª edição do FIMP, apresentada ontem no Rivoli, levará ao Teatro Municipal do Porto (TMP) uma dezena de espetáculos, entre 13 e 21 de outubro, prolongando-se o festival até ao dia 29 noutros espaços da cidade.

O FIMP avança também para a terceira edição da Bolsa Isabel Alves Costa, que passa a ter carater bienal segundo decisão dos promotores: o Teatro Municipal do Porto, Teatro Nacional São João e Comédias do Minho. A bolsa tem residência entre o Minho e o Porto e a estreia do projeto vencedor ocorrerá no FIMP de 2018, entrando em digressão no início de 2019.

Entretanto, a nova edição do FIMP apresenta um maior número de espetáculos, três oficinas, cinco work in progress de entrada gratuita e várias sessões legendadas em Português e Inglês, bem como outras traduzidas para Língua Gestual Portuguesa.

A partir de 13 de outubro, serão apresentados nos dois polos do TMP - Rivoli e Campo Alegre - "Ressacs" de Agnès Limbos e da companhia belga Gare Centrale, "Gaspard" do também belga Une Tribu Collectif (Noémie Vincart e Michyel Villé), "Gobo.Digital Glossary" do coletivo russo Akhe Theatre, "La Domus di Pulcinella" do italiano Gaspare Nasuto e "Quiet motors" do francês Pierre Bastien.

Algumas das participações portuguesas fazem-se com "Bonecos de Santo Aleixo" do Centro Dramático de Évora, "Arcano" do Teatro de Marionetas do Porto, "Manipula#Som" dos Radar 360º, "Bela Adormecida" do Teatro de Ferro e "Este não é o nariz de Gogol, mas podia ser... Com um toque de Jacques Prévert" d'A Tarumba.