Curiosidades

Histórias da cidade: a rua, o ramal e a creche associados ao nome de Justino Teixeira

Não faltam motivos para os portuenses reconhecerem o nome de Justino Teixeira. Não só está associado ao local onde será erguido um novo complexo desportivo municipal, como também foi ele o responsável pelo projeto do histórico Ramal da Alfândega, do qual a cidade voltará a usufruir num futuro próximo. Mais surpreendente é o facto de este engenheiro ter estado envolvido na construção de uma creche no Porto.

Histórias da cidade: o escultor João Cutileiro deixou duas obras ao Porto

Os primeiros dias do ano 2021 foram marcados pela morte de João Cutileiro. O escultor foi um dos grandes nomes das artes em Portugal no século XX e deixou uma vasta obra – incluindo dois exemplares que podem ser apreciados no espaço público da cidade do Porto.

Histórias da cidade: a festa aos três Reis Magos rivalizava com o São João do Porto

Nesta altura, em tempos passados, o Porto estaria a viver intensamente uma grande festividade popular. A festa aos três Reis Magos, que chegou a rivalizar com a de São João, acabou por cair em desuso. Tinha como epicentro uma capela que já não se encontra na localização original.

Histórias da cidade: vai-te embora velho, cumpriste mal, ficam esperanças no sorridente 2021

A frase original data de 1972 e pertence a uma ilustração de Cruz Caldas eternizada no diário “O Comércio do Porto” daquele ano, mas encaixa tão bem neste 2020, que o “Porto.” não resistiu a apropriar-se dela e a percorrer, também, algumas das geniais propostas gráficas de um dos maiores caricaturistas e ilustradores portugueses do século XX.

Do cinema ao quadrado mágico: o Porto em Hollywood e… em Bollywood

As duas maiores indústrias cinematográficas do mundo surpreendem o espectador, de quando em vez, com subtis apontamentos que para qualquer portuense são motivo de orgulho. De um livro de Siza Vieira em primeiro plano num filme com Keanu Reeves, à velhinha presença de um cartaz de Vinho do Porto na mítica série “Friends”, a cidade Invicta deixa a sua marca na sétima arte.

Histórias da cidade: há dois presépios do século XVIII para apreciar no Porto

Existem, no Porto, dois preciosos exemplares de presépios barrocos que remontam ao século XVIII. São autênticas obras de arte, que se distinguem, também, pelo facto de neles figurarem quatro Reis Magos, e não três como é tradicional.

Histórias da cidade: a fortaleza na Foz onde viveu a poetisa Florbela Espanca

São várias as camadas de história que se encontram reunidas junto do local onde o Douro abraça o Atlântico. Edificado durante o século XVII, sacrificando uma igreja renascentista, o Forte de São João Baptista da Foz albergou durante alguns meses, no século XX, um nome maior da literatura portuguesa.

Histórias da cidade: pela Fonte da Colher corriam das melhores águas do Porto

Quem hoje passa pela Alfândega do Porto não pode deixar de admirar, de um lado, o edifício histórico recuperado de acordo com o projeto concebido pelo arquiteto Eduardo Souto de Moura. E, do outro lado, pode demorar o olhar pelo antigo casario de Miragaia – com sorte, o cenário de postal fica composto com a passagem do elétrico da linha 1.

Histórias da cidade: o mais antigo jardim municipal do Porto foi construído como homenagem às mulheres

Ainda que na toponímia da cidade seja identificado como Jardim de Marques de Oliveira, é provável que a maioria dos portuenses o conheça por Jardim de S. Lázaro. Mandado construir por D. Pedro IV, foi inaugurado em 1834 e é o mais antigo jardim municipal.

Histórias da cidade: as andanças de uma estátua

Há no Porto uma estátua que, há mais de dois séculos, presta homenagem e simboliza a própria cidade. Tem uma história atribulada, envolta em dúvidas sobre a sua autoria, e uma existência itinerante.