SociedadeProteção Civil

Douro ameaça com cheias

Esta noite, as águas do Douto podem voltar a subir e inundar as zonas mais baixas de Miragaia, caso as piores previsões se mantenham. Siga em www.porto.pt.

Alerta laranja na zona costeira

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera avisa que a agitação marítima irá agravar-se no Porto, passando o alerta de amarelo para laranja para os dias 10 e 11 de abril (domingo e segunda-feira).

Sapadores são vice-campeões

O Batalhão de Sapadores Bombeiros do Porto tornou-se vice-campeão do "Rescue Day Trophy - Sevilha 2MILl16". A prova decorreu durante o passado fim de semana, em Sevilha.

Simulacro de incêndio

A Avenida dos Aliados foi ontem palco de uma ação diferente. No meio da agitação diária, o Gabinete do Munícipe foi alvo de um simulacro de incêndio, com resgate de vítimas.

Montra de agentes da Proteção Civil

Esta terça-feira, dia 1 de março, assinala-se o Dia Internacional da Proteção Civil. A Câmara do Porto, contando com a participação de todos os agentes de proteção civil local, associou-se à efeméride.

Cheias controladas no Douro. Zona costeira em alerta vermelho

Passada a fase critica da preia-mar das 7 horas, verificou-se que as descargas das barragens foram inferiores às previstas, a precipitação mais reduzida e o nível da água do Rio Douro chegou novamente apenas ao Postigo do Carvão, não tendo invadido nem Miragaia nem a Ribeira.

Cheias ameaçam até às 7 horas

Com base nos últimos dados, as cheias no Douro durante esta madrugada poderão ficar mais próximas dos níveis das cheias do passado dia 11 de janeiro.

Domingo em Aviso Vermelho na costa do Porto

Chuva forte até domingo, mas sobretudo a agitação marítima, com ondulação até 14 metros, levaram o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) a fazer aviso.

Cheias com menor impacto do que o previsto mas vigilância mantém-se

As cheias no Douro esta madrugada foram mais moderadas do que o previsto pelo Centro de Previsão e Prevenção de Cheias. A água não ultrapassou o Postigo do Carvão e não atingiu sequer Miragaia.

Cheias prevista para madrugada

As zonas mais baixas da Ribeira e de Miragaia poderão ficar, de novo, submersas esta madrugada, devido à forte precipitação, à maré alta e às descargas das barragens do Douro.