SociedadeProteção Civil

Pousada da Juventude do Porto | Acolhimento Provisório para Pessoas com Teste Negativo à COVID.19

A Pousada da Juventude do Porto | Estrutura Distrital de Acolhimento Provisório para Pessoas com Teste Negativo à COVID.19, fará o acolhimento de pessoas provenientes de estruturas residenciais de idosos que necessitem de segregar pessoas que testaram positivo e que não reúnam condições para o efeito na respetiva estrutura residencial ou excecionalmente para pessoas idosas que perderam cuidadores por teste positivo à COVID.19 (carácter excecional).

Pousada da Juventude do Porto tem 35 camas prontas para receber pessoas com teste negativo à Covid-19

A Pousada da Juventude do Porto está a funcionar, a partir desta quarta-feira, como estrutura distrital de acolhimento provisório para pessoas não-infetadas e os primeiros utentes podem chegar já nos próximos dias. Tem 35 camas, mas a capacidade pode dobrar. Integralmente financiada pelo Município do Porto, que disponibiliza 300 mil euros, a resposta está apta a funcionar até 31 de março de 2021, mas em finais de janeiro é reavaliada a sua manutenção.

Ciclopatrulhas da Polícia Municipal: proximidade, visibilidade e muitos kms

Há vários anos que agentes da Polícia Municipal do Porto percorrem as ruas da cidade montados em bicicletas. Depois da surpresa inicial, as ciclopatrulhas já são encaradas com naturalidade por munícipes e visitantes.

Cheias do Douro no Porto

No Porto, em dezembro de 2019, as águas do Rio Douro voltaram a galgar as margens.

Câmara do Porto reforça proteção civil com divisão de planeamento e monitorização de risco

A próxima reunião de Câmara, na segunda-feira, dia 9 de novembro, vai votar a proposta de criação da Divisão Municipal de Planeamento e Monitorização de Risco, que permitirá reforçar a capacidade preventiva e de resposta da Proteção Civil Municipal.

Comunicado do Presidente Rui Moreira | Covid-19

Comunicado do Presidente Rui Moreira | Covid-19

Aviso laranja para agitação marítima leva ao corte da circulação amanhã na Avenida de D. Carlos I

A Proteção Civil Municipal dá nota de previsões que apontam para um agravamento das condições meteorológicas durante os próximos dias, nomeadamente agitação marítima forte, que obrigará à interrupção do trânsito na Avenida de D. Carlos I a partir das 14 horas de quarta-feira.