SociedadeHabitação

Gabinete do Inquilino Municipal retoma o atendimento presencial com novas regras

O Gabinete do Inquilino Municipal reabre o atendimento presencial a partir de amanhã, segunda-feira, mas com novas regras e procedimentos de prevenção e controlo da infeção, de modo a adaptar o seu plano de contingência à fase atual da pandemia Covid-19.

"Porto com Sentido" avança e amplia política municipal de habitação acessível. Proprietários dos prédios obtêm isenção total do IMI.

A proposta do programa "Porto com Sentido", anunciado recentemente, vai a aprovação do Executivo Municipal na próxima segunda-feira. A iniciativa da maioria independente preconiza a inclusão no mercado de arrendamento de imóveis que estão atualmente destinados ao Alojamento Local, captando fogos privados até agora indisponíveis, através da intervenção municipal, num investimento superior a 4,3 milhões de euros. Os proprietários dos prédios que aderirem ao programa vão auferir de isenção total...

Câmara reforça programa Porto Solidário: apoio à habitação abrange mais famílias carenciadas e é alargado a dois anos

É já na próxima reunião de Executivo Municipal, no dia 27, que por proposta do vereador Fernando Paulo, será debatida a alteração ao Regulamento do Porto Solidário, destinado a famílias com maior vulnerabilidade e carência económica e social, e que incluem quatro grandes medidas: o alargamento do prazo de concessão do apoio para dois anos, a redução da taxa de esforço suportada pelos agregados para 25%, a possibilidade dos beneficiários se candidatarem novamente caso o prazo esteja a terminar...

Apoios para inquilinos da Domus Social em situação de maior vulnerabilidade

A Câmara do Porto criou um conjunto de medidas imediatas para apoiar e proteger os inquilinos do parque habitacional do Município que estejam em situação de maior vulnerabilidade económica. Ficam em vigor por um período alargado, até 30 de junho de 2020.

Programa "Porto com Sentido" reforça política municipal de habitação a preços acessíveis

A Câmara do Porto lança o "Porto com Sentido", programa destinado à classe média, e que preconiza a inclusão no mercado de arrendamento imóveis que estão atualmente no mercado de Alojamento Local. Foi esta manhã apresentado em reunião de Executivo Municipal.

Vereador da Habitação acusa CDU e BE de instrumentalização e afirma que regras são para cumprir

O vereador da Habitação e Coesão Social, Fernando Paulo, afirmou esta manhã que CDU e BE estão "a manipular e instrumentalizar pessoas" para fazer política, em casos que envolvem a desocupação de casas de habitação pública municipal. Reiterou a confiança nos técnicos da Domus Social, que têm cumprido com rigor o Regulamento que gere os cerca de 13.000 fogos municipais e lamentou a desproporção de algum tratamento jornalístico que tem sido dado ao caso que se tornou mediático nas últimas...

COMUNICADO: Câmara do Porto não pode dar casas a quem as ocupa

Nos últimos dias, alguma comunicação social tem reportado o caso de uma casa que foi desocupada no Centro Histórico do Porto pela Domus Social. Essa casa estava ilegalmente ocupada por uma família, que não era titular de qualquer contrato de arrendamento, nem no âmbito da Domus Social nem de qualquer outro regime.

Programa de apoio ao pagamento da renda de casa vai ter reforço próximo dos 700 mil euros

O Executivo Municipal vota na próxima segunda-feira, dia 24, um reforço ao programa Porto Solidário, que apoia famílias, em situação de carência económica, a pagar a renda de casa ou a prestação bancária. São mais 680 mil euros para incrementar a 7.ª edição da pioneira iniciativa municipal, criada em 2014.

Moradores do Falcão ficam a conhecer plano de obras de reabilitação no bairro

A empreitada de reabilitação que vai decorrer no bloco 11 do Bairro do Falcão foi apresentada aos moradores dos 32 fogos que compõem o aglomerado. O investimento municipal ronda os 775 mil euros.

Gestores de Entrada dos prédios de habitação social municipal já têm formação em primeiros socorros

Os Gestores de Entrada dos prédios de habitação social municipal já estão formal e oficialmente capazes de prestar os primeiros socorros nas respetivas comunidades, na sequência da formação técnica fornecida pelo Município e que ontem foi atestada com a entrega dos certificados.