Urbanismo

Vencedores dos concursos para os projetos de habitação acessível em Lordelo do Ouro são revelados amanhã

  • Isabel Moreira da Silva

  • Notícia

    Notícia

DR

A abertura das propostas candidatas aos três concursos para projetos de habitação acessível em Lordelo do Ouro, que a Câmara do Porto lançou em abril do ano passado, decorre nesta sexta-feira, a partir das 14,30 horas, altura em que júri vai anunciar quais as propostas de conceção vencedoras. A cerimónia pode ser seguida por streaming, nas redes sociais do Município.

Depois de em meados de agosto de 2020 a Câmara do Porto ter revelado que os concursos suscitaram o interesse de um alargado número de arquitetos e projetistas, tendo sido rececionadas mais de 70 propostas, é chegado o momento de saber quais são as que melhor cumprem os desígnios do programa de arrendamento acessível municipal, em que o investimento público é feito a dobrar: tanto os terrenos são municipais como também a obra de construção dos novos edifícios e todo o arranjo urbanístico da zona envolvente ficarão a cargo do Município, que prevê investir em todo o projeto cerca de 46 milhões de euros.

Ao longo dos últimos meses, o júri avaliou individualmente as propostas, estando agora em condições de anunciar os resultados.

Em causa, estão três concursos distintos que se complementam entre si para formar o programa de arrendamento acessível que a Câmara do Porto gizou para Lordelo do Ouro, numa área próxima aos bairros municipais de Pinheiro Torres e da Mouteira.

O primeiro concurso está relacionado com as obras de urbanização, espaço público e paisagismo, e integra também os trabalhos de renaturalização do troço da ribeira da Granja, além da reestruturação viária e urbanística de toda a área.

Os restantes dois concursos são destinados à construção de cinco edifícios de habitação coletiva, onde a autarquia estima disponibilizar 300 a 320 fogos, de tipologias T2 e T3.

As propostas vencedoras vão ser contempladas com prémios no valor de 15 mil euros (e a adjudicação dos projetos, com honorários totais de mais de 1,6 milhões de euros), estando prevista também a atribuição de 10 mil e 5 mil euros aos segundos e terceiros classificados, respetivamente. Para cada um dos concursos, pode ser ainda equacionada a possibilidade de atribuição de duas menções honrosas.

A cerimónia vai realizar-se no auditório da Biblioteca Municipal de Almeida Garrett, mas presencialmente só poderá assistir um elemento de cada equipa concorrente, por motivos de capacidade da sala. No entanto, a sessão pode ser acompanhada online, em direto (via streaming), no Facebook da Câmara do Porto.

O novo Plano Diretor Municipal (PDM), que se encontra na fase final de revisão, estabelece como uma das prioridades a recuperação demográfica da cidade, introduzindo como estratégia para atingir este objetivo o reforço das políticas municipais para atrair novos residentes.