Educação

Universidade do Porto entre as 100 melhores do mundo na área da investigação

Filipa Brito

O NTU Ranking 2020 - considerado um dos principais medidores internacionais do desempenho científico das instituições de ensino superior - destacou a Universidade do Porto no "top 100" mundial nas áreas das Ciências Agrárias, Farmacologia e Toxicologia, Engenharia Civil, Engenharia Mecânica e Engenharia Química.

De acordo com a última edição do National Taiwan University (NTU) Ranking, a Universidade do Porto é uma das 100 melhores do mundo no que diz respeito ao desenvolvimento de mais e melhor investigação científica.

Nos seis domínios do conhecimento (By Field) avaliados, o desempenho da U.Porto tem a sua melhor classificação no campo da Agricultura, onde surge destacada na 82.ª posição a nível mundial. Além disso, a universidade escala ainda sete posições na área da Engenharia (é agora a 174.ª), estando igualmente entre as melhores nas Ciências da Vida (188.ª) e Ciências Naturais (280.ª), informa o Notícias U.Porto.

Alargando a análise às áreas científicas (By Subject), a U.Porto surge posicionada em 19.º lugar (em 24 possíveis) - o mesmo da edição anterior do ranking - e, tal como em 2019, é nas Ciências Agrárias que a instituição de ensino mais se notabiliza, afirmando-se agora na 45.ª posição a nível mundial. 

A investigação da U.Porto está também no topo mundial nas áreas de Farmacologia e Toxicologia (50.ª), Engenharia Mecânica (78.ª), Engenharia Civil (86.ª), Engenharia Química (92.ª) e, pela primeira vez, das Ciências dos Animais e Plantas (96.ª).

Além disso, a instituição de ensino merece ainda especial destaque em 13 outras áreas científicas avaliadas pelo NTU Ranking 2020, nomeadamente: Ambiente e Ecologia (101.ª posição), Biologia Molecular e Genética (169.ª), Microbiologia (174.ª), Biologia e Bioquímica (179.ª), Imunologia (179.ª), Química (183.ª), Ciências Espaciais (187.ª), Engenharia Eletrotécnica (191.ª), Ciências de Materiais (222.ª), Medicina Clínica (224.ª), Ciências de Computadores (230.ª), Matemática (275.ª) e Física (351.ª-300.ª).

Comparativamente com as restantes universidades portuguesas presentes no ranking, a U.Porto é apenas superada pela Universidade de Lisboa entre as instituições mais representadas nas diferentes áreas científicas avaliadas (19 contra 22).

A universidade portuense destaca-se ainda na liderança nacional de sete áreas: Biologia e Bioquímica, Biologia Molecular e Genética, Ciências Agrárias, Engenharia Química, Farmacologia e Toxicologia, Imunologia e Medicina Clínica.

A nível global, a U.Porto surge em232.º lugar a nível mundial, 91.º na Europa e em 6.ª posição no espaço iberoamericano. O ranking é liderado pela Universidade de Harvard (EUA) e as universidades de Stanford (EUA), seguindo-se a de Toronto (Canadá).

Elaborado com base na avaliação de mais de 4.000 universidades de todo o mundo, o NTU Ranking tem em conta parâmetros como a produtividade, o impacto e a excelência da investigação científica produzida pelas diferentes instituições nos últimos 11 anos (entre 2009 e 2019).