Cultura

Universidade do Porto abre as portas: só tem que se sentar no sofá

  • Porto.

  • Notícia

    Notícia

Filipa Brito

Se tinha curiosidade em conhecer por dentro o gabinete do reitor da Universidade do Porto ou percorrer o Jardim Botânico sem sair do seu sofá, saiba que já é possível. A U. Porto disponibiliza percursos virtuais 3D que permitem o acesso, a partir de qualquer computador, a alguns dos espaços mais reservados e emblemáticos da instituição.

Através do website Casa Comum, abrem-se as portas do incontornável Edifício Histórico da Universidade do Porto. No conforto de suas casas, apresentam-se aos visitantes a escadaria central, o imponente Salão Nobre, as paredes repletas de retratos da Sala do Conselho, mas também é permitida a entrada no gabinete pessoal do reitor, António de Sousa Pereira.

É uma casa de corredores e corredores de grande valor cultural e artístico, que nem a pandemia fecha, e que ainda oferece um concerto exclusivo de piano a quem chega.

Mas o património da Universidade não se esgota na Reitoria. Este primeiro passo do projeto de mapeamento virtual da instituição inclui, para já, um passeio pelo Jardim Botânico para conhecer (ou voltar a observar) as portas da Galeria da Biodiversidade, o Jardim dos Jotas ou o Jardim do Xisto.

Do “bilhete” faz parte, ainda, a passagem pela Casa-Museu Abel Salazar para ver as peças de mobiliário, os retratos e toda a coleção de pintura, desenho e gravura do histórico cientista que batiza o Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade do Porto a entrar pela sua casa dentro.

Apesar desta novidade, as visitas presenciais à Reitoria continuam ativas e igualmente gratuitas. As reservas devem ser feitas através do email cultura@reit.up.pt.