Economia

Tecnológica Blip quer atrair mais talento para o Porto e abre 70 vagas em novo site

A portuense Blip, que se dedica ao desenvolvimento de software de apostas desportivas, lançou um novo site exclusivamente dedicado à atração de talento. A empresa tecnológica tem 70 vagas em aberto.

Com o objetivo de tornar o processo de candidatura mais apelativo e intuitivo, a Blip lançou um site destinado à atração de talento. A tecnológica conta assim preencher as vagas que tem disponíveis na área das tecnologias da informação para o escritório no Porto, situado na Avenida de Camilo, em frente ao Liceu de Alexandre Herculano.

A Blip tem atualmente 70 vagas em aberto, distribuídas por 19 funções, e pretende com esta nova ferramenta proporcionar aos candidatos uma experiência de utilizador mais centralizada, ao ser visualmente apelativa e muito intuitiva.

Sob o mote "Find your dream job" (Encontra o teu emprego de sonho), a tecnológica - reconhecida como uma das melhores empresas para trabalhar em Portugal - apresenta a sua filosofia enquanto empresa, desde logo através de benefícios tais como: flexibilidade de horários, formação contínua, apoio à família ou oportunidade de participar em intercâmbio internacional.

"Uma das imagens de marca da Blip é a sua política de atração e retenção de talento, e não foi a pandemia a travar este esforço. Apesar da crise causada pela Covid-19, abrimos 70 vagas, principalmente para quadros médios e seniores, que pretendemos que sejam preenchidos com talento de referência", refere Ângelo Valente, Senior Employer Brand Manager da empresa tecnológica.

A criação do site agora lançado está integrada num projeto desenvolvido em plena pandemia, que consistiu no desenho de cinco sites para diferentes empresas que integram o grupo Flutter Entertainment, em Portugal, Irlanda, Reino Unido, Malta e na Roménia.

A Blip foi fundada em 2009 e adquirida em 2012 pela Paddy Power Betfair, empresa britânica de jogo online cotada na Bolsa de Londres. Desde essa data, a Blip registou um crescimento em número de colaboradores (de três para cerca de 300) e em faturação, e tornou-se um dos principais hubs tecnológicos da Paddy Power Betfair no mundo.

No início deste ano a companhia uniu-se à associação Encontrar+se, também do Porto, e angariou 31 mil euros para ajudar na causa da saúde mental.