Mobilidade

STCP providencia com a Câmara transporte para o local do exercício do voto antecipado

  • Porto.

  • Notícia

    Notícia

Os eleitores inscritos para o voto antecipado em mobilidade, que decorre no domingo, dia 17, no âmbito das eleições presidenciais, podem contar com um serviço especial de vaivém da STCP, que circulará entre a Praça do Marquês e o CCD Porto – Centro Cultural e Desportivo dos Trabalhadores da Câmara Municipal do Porto, com uma frequência de 15 minutos.

Entre as 8 horas (1.ª partida do Marquês) e as 19,23 horas (última partida do Monte Cativo), os eleitores que se enquadrem nesta condição de mobilidade, poderão usufruir do "vaivém”, que vai parar à porta do CCD Porto (Rua Alves Redol, 292), local onde estão montadas as mesas para o voto antecipado no município.

O serviço especial, preparado pela STCP – Sociedade de Transportes Colectivos do Porto em articulação com a Câmara do Porto, permite um acesso rápido ao equipamento, através das ligações no Marquês, quer ao Metro (Linha D) quer à restante rede STCP (206, 304, 402, 600, 603, 701, 702, 703, 805 e 806).

Os horários poderão ser consultados, em tempo real, através da utilização dos códigos de cada paragem, bem como nas próprias paragens da STCP, onde esta informação também circulará.

Para a utilização deste serviço são aceites todas assinaturas mensais existentes (STCP e Andante), que incluam a zona respetiva, bem como a possibilidade de utilização de bilhetes ocasionais ou a aquisição de bilhete a bordo do autocarro.

22 mesas de voto preparadas

Rui Moreira avançou nesta quarta-feira que a Câmara do Porto já tem a operação concluída para o exercício do voto antecipado e que até montou mais mesas de voto, 22 no total, do que aquelas que o Ministério da Administração Interna recomendou, que tinham sido 16.

Embora conteste a manutenção da data das eleições presidenciais, o autarca acredita que estão “reunidas as condições para que o voto antecipado decorra em conforto e segurança. Fomos além das recomendações do Ministério da Administração Interna, que demonstram o empenho da Câmara para que as coisas corram bem”, assinalou.