Cultura

Sociólogo Richard Sennett antecipa as cidades do futuro já amanhã no Rivoli

O Fórum do Futuro começa neste domingo, no Rivoli, com o sociólogo e historiador a perspetivar a evolução das metrópoles. Segue-se uma performance da artista e investigadora Alexandra Duvekot, a propósito da comunicação entre o Homem e as plantas, encerrando o primeiro dia com o documentário de Marie Losier "The Ballad of Genesis and Lady Jaye" sobre Genesis Breyer P-Orridge.

A entrada é livre, mediante levantamento de bilhete (máximo dois por pessoa) a partir das 14 horas, sendo grande a expectativa em torno da interveção de Richard Sennett, que tem início previsto para as 16 horas no Grande Auditório Manoel de Oliveira.

Sob o título "A caminho da cidade aberta", o sociólogo norte-americano, professor da London School of Economics, do Massachusetts Institute of Technology e da New York University, vai falar sobre os Quito Papers, documento que apresentou na conferência das Nações Unidas "Habitat III", sobre habitação e desenvolvimento urbano sustentável. Neles, Richard Sennet - que terá como moderador desta sessão o escritor e curador Gareth Evans - apresentou uma nova abordagem ao pensamento das cidades, como que corrigindo a Carta de Atenas de Le Corbusier, que considera "a utopia errada".

Ao fim da tarde, pelas 19 horas, a artista e investigadora holandesa Alexandra Duvekot apresenta na Sala de Ensaios do Rivoli a performance "The Plant Orchestra", que integra uma composição musical em interação com plantas doentes. Vai ainda deixar luzes sobre o seu trabalho de investigação acerca da possibilidade de comunicação entre o Homem e as plantas.

Já a noite está reservada para o cinema com a exibição do documentário de Marie Losier "The Ballad of Genesis and Lady Jaye" (Grande Prémio do IndieLisboa International Film Festival em 2011), a partir das 21,30 horas, no Auditório Isabel Alves Costa, também do Rivoli.

O documentário, que terá legendagem em Português, narra a história do/a artista Genesis Breyer P-Orridge e da sua mulher e parceira artística, Lady Jaye, que por amor decidiram fundir-se numa só entidade. 

"The Ballad of Genesis and Lady Jaye" será apresentado nesta sessão pelo artista e performer Mykki Blanco e pelo artista e curador Stanley Schtinter, que também participam no Fórum do Futuro deste ano, que se prolonga até ao dia 11 em vários espaços da cidade, com um debate sobre questões de género, identidade e tecnologia, temas essenciais no percurso artístico de Genesis P-Orridge.

Saiba tudo sobre o Fórum do Futuro 2017, aqui.