Inovação

ScaleUp Porto dedica iniciativa Doing Business à promoção de negócios na indústria dos videojogos

A ScaleUp Porto vai levar a cabo mais uma edição das reuniões de negócios Doing Business, desta vez em colaboração com o Indie X, o maior evento de videojogos indie em Portugal. O objetivo da iniciativa é promover negócios nesta indústria em crescimento.

Enquadrada no Indie X, evento que expõe o melhor trabalho desenvolvido em Portugal no setor dos videojogos e que, pela primeira vez, acontece de forma digital, esta edição do Doing Business promove reuniões entre 21 estúdios produtores de jogos, da região e internacionais, e os seus potenciais clientes, parceiros e investidores, que se juntam de forma descentralizada, a partir de vários países.

Para além de reuniões de negócios previstas no programa do Indie X para amanhã, dia 10 de novembro, a partir das 10 horas, os participantes terão também acesso a duas Masterclasses de preparação, que contam com Gwen Foster, com vasta experiência no desenvolvimento de negócios no setor, e Rami Ismail, um dos produtores de jogos mais reconhecidos na Europa. Estas sessões estão também abertas a todos os curiosos de forma gratuita, como parte da agenda do Indie X.

Com esta iniciativa, enquadrada na estratégia ScaleUp Porto, o Município do Porto pretende apoiar uma indústria com elevado potencial. Através de colaborações com entidades e comunidades fundamentais no ecossistema, promover a ligação dos empreendedores a potenciais clientes e a oportunidades de investimento, assim como de posicionamento internacional do ecossistema de inovação e empreendedorismo.

Desde 2016, em cinco edições, foram promovidas através da iniciativa Doing Business 577 reuniões de negócios entre 90 novas empresas de base tecnológica e 53 organizações mais estabelecidas.

Os videojogos representam uma indústria em franco crescimento que, globalmente, se estima valer mais de 140.000 milhões de euros. Na Europa apenas, estima-se que este mercado tenha representado 21.600 milhões de euros em receitas em 2019, valor que se prevê crescer anualmente 9,7%.

Esta é ainda uma indústria em desenvolvimento em Portugal, mas na região do Porto existem já algumas empresas âncora, como é o caso, por exemplo, da Fabamaq, atualmente com mais de 170 colaboradores, cuja principal atividade é o desenvolvimento de jogos para casinos. Em 2019, a Bigmoon Entertainment, que desenvolveu o jogo Dakar 18, foi adquirida pela americana Saber Interactive, operando agora como Saber Interactive Porto.

Para conhecer melhor a indústria de gaming na região, visite o mapeamento desenvolvido em conjunto com a comunidade.