Cultura

Roteiro turístico leva seniores ao Quartel General

O Quartel de Santo Ovídio, situado na Praça da República e vulgarmente conhecido como "Quartel General", é o destino da primeira visita da nova edição do programa municipal "O Porto é Lindo! Roteiros Turísticos +65", destinado aos cidadãos seniores.

A visita acontece no próximo dia 19 e os beneficiários são, desta vez, os utentes do Instituto de Apoio Social das Forças Armadas - Centro de Apoio Social do Porto, que assim terão possibilidade de conhecer melhor o imóvel, que está classificado como monumento de interesse público desde 2012, tendo em conta "o seu valor de memória enquanto palco de acontecimentos políticos de especial importância simbólica".

Mandado edificar por ordem de D. Maria I em 1790, com o intuito de albergar o 2.º Regimento de Infantaria do Porto, o "novo" quartel ficou localizado no então Campo de Santo Ovídio que, à época, servia de campo de manobras às tropas portuenses. Ficava, portanto, fora das muralhas fernandinas, pelo que o edifício foi planeado tendo em conta as necessidades defensivas da zona, descampada e desprotegida.

O projeto foi assinado por Reinaldo Oudinot, Tenente-Coronel e Engenheiro do Reino, e a obra foi integrada no plano de renovação urbanística concebido por João de Almada e Melo, tendo a construção sido prolongada até 1806. Primeiro edifício militar construído de raiz na cidade do Porto durante a época moderna, o imponente edifício, de elegantes linhas neoclassicistas e marcado pela sobriedade do granito da região, mantém na generalidade a traça original.

Embora tenha sido criado para receber tropas de infantaria, ao longo da sua história o Quartel de Santo Ovídio foi ocupado por diversos tipos de tropas; serviu de aquartelamento e prisão durante a 2.ª Invasão Francesa, albergou regimentos de cavalaria, de engenharia, e até milícias, como o Batalhão de Milícias de Santo Ovídio, aí estacionado durante o Cerco do Porto. Ao longo do século XX, passaram pelo quartel vários serviços do Exército Português e, de 1958 a 2006, foi a sede do Comando da Região Militar Norte. Atualmente, é ocupado pela Direção de Administração de Recursos Humanos do Exército.

O programa "O Porto é Lindo! Roteiros Turísticos +65" tem como objetivo proporcionar aos idosos da cidade uma ocupação do seu tempo livre, utilizando o património móvel, imóvel, cultural e sacro como ferramenta de enriquecimento cultural e de fortalecimento de espírito de cidadania "à moda do Porto" e, deste modo, contribuir para a melhoria da qualidade de vida desta população.

Este projeto teve início em 2018, ano em que foram realizadas 50 visitas a 6 equipamentos da cidade, contemplando 1.705 idosos. Em 2019, foram organizadas 64 visitas a 12 equipamentos da cidade com a participação de 2.155 idosos, contribuindo assim para promover a coesão social, incentivando à participação e integração das pessoas idosas em atividades culturais e recreativas e estimulando o envelhecimento ativo.