Cultura

Realizador portuense ganha Urso de Ouro no Festival de Berlim com curta-metragem rodada no Porto

A curta-metragem "Cidade Pequena", do realizador portuense Diogo Costa Amarante,
foi distinguida hoje, em Berlim, com o prémio Urso de Ouro.
Nascido no Porto, em 1982, o cineasta distinguido filmou a relação
entre uma mãe (Mara Costa Amarante) e um filho (Frederico Costa Amarante) que
descobre na escola, aos seis anos, que as pessoas morrem quando o seu coração pára. Essa descoberta perturbante para Frederico leva-o a não conseguir dormir.


"Cidade Pequena" é uma produção de autor, que atualmente está a rodar um novo trabalho em parceria com a Metro do Porto. Formado em
direito, o cineasta já tinha estado em festivais de cinema, mas nunca tinha obtido um tão importante galardão. A curta-metragem agora galardoada teve
estreia no festival Curtas Vila do Conde no ano passado. É o segundo ano consecutivo
que uma curta portuguesa ganha o concurso de curtas berlinense, depois de "Balada de um Batráquio", de Leonor Teles, em 2016. Em 2012, "Rafa", de João Salaviza,
em 2012.