Urbanismo

Reabilitação de ruas no Bonfim e em Campanhã vai a concurso público

  • Porto.

  • Notícia

    Notícia

A reabilitação da Rua da Presa Velha e da Rua da Formiga (parcial) está lançada em concurso público, com um preço base de 2,27 milhões de euros. A empreitada inclui, ainda, a Travessa da Presa Velha, o Lavadouro da Presa Velha, a Travessa Nova Cintra e a Calçada Nova Cintra, pertencentes às freguesias do Bonfim e Campanhã.

Com uma área de intervenção de 898 metros, a obra faz parte do Programa Rua Direita e inclui a reabilitação de infraestruturas, à requalificação dos arruamentos (pavimentos e passeios) e trabalhos paisagísticos.

Ao nível das infraestruturas, os arruamentos serão dotados de redes enterradas (elétrica e de telecomunicações) e, também, de soluções voltadas para a rede de drenagem de águas pluviais. Será, ainda, implementado mobiliário urbano nessas artérias, como papeleiras, bancos e equipamentos de recolha seletiva de resíduos.

A intervenção visa garantir a mobilidade e acessibilidade para todos, mesmo em ruas estreitas que exigem um bom equilíbrio na circulação de peões e de automóveis. Para isso, a cota dos passeios será mantida ao mesmo nível da faixa de rodagem automóvel, com exceções para desníveis acentuados.

No caso do Lavadouro da Presa Velha, a reabilitação focará na recuperação da memória urbana e da segurança do espaço. As coberturas de betão serão removidas, restaurando o espelho de água original e garantindo um ambiente visual e acusticamente agradável. Assim, a intervenção pretende criar um espaço de contemplação e reativar a identidade dos lavadouros.

Com um prazo previsto de execução de 540 dias, o preço base do procedimento é de 2,27 milhões de euros e as propostas devem ser entregues até às 23h59 horas do dia 11 de julho de 2024, em formato eletrónico, na plataforma acinGov, onde podem também ser consultadas as peças do concurso.