Economia

Primeira plataforma portuguesa para investimento sustentável lançada no Porto

A primeira plataforma 'online' portuguesa para investimentos
sustentáveis na área da energia é apresentada esta quarta-feira, no Porto. Essencialmente,
Parity, nome dado à plataforma, visa estabelecer o contacto direto entre os
projetos e os investidores, moldar uma nova economia - verde e descentralizada
- mostrando o caminho para a sustentabilidade energética, ambiental e social.


A apresentação marca o arranque das ofertas de investimento
e conta com a participação de Sandra Vlasic, diretora do Programa de
Desenvolvimento das Nações Unidas, Karl Harder, CEO da Abundance Investment (os
pioneiros mundiais das plataformas de investimento cidadão em energia
sustentável) e de Filipe Araújo, vereador da Inovação e Ambiente.


A primeira plataforma de investimentos sustentáveis vai
permitir que qualquer cidadão invista em projetos de energia sustentável,
rentabilizando as suas poupanças, cujos promotores podem ser qualquer tipo de
organização, desde PMEs, a organizações da economia social ou até entidades
públicas.


O marketplace é lançado pela Boa Energia, que dá assim o
primeiro passo na construção do projeto que sempre ambicionou quando tudo
começou. A Boa Energia é uma empresa de serviços energético, cujo objetivo é
colocar as pessoas e empresas a produzir a sua própria energia e utilizá-la de
forma eficiente.


O Parity engloba também projetos nas áreas da economia
social e das autoridades públicas (câmaras municipais, juntas de freguesia),
que podem usar a plataforma como uma "forma de envolvimento dos seus
cidadãos". O projeto, que teve início em 2012, conta neste momento com
oito profissionais, a trabalhar em Lisboa (sede) e no Porto.