Urbanismo

Prazo de participação no inquérito à comunidade sobre o plano de gestão do centro histórico foi alargado

  • Porto.

  • Notícia

    Notícia

#mno_Porto_Turismo_premio.jpg

Os interessados em participar na elaboração do plano de gestão e sustentabilidade do “Centro Histórico do Porto, Ponte Luiz I e Mosteiro da Serra do Pilar” dispõem de mais tempo para responder ao inquérito, uma vez que o prazo foi alargado até 21 de fevereiro.

De forma a recolher o maior número de contributos da comunidade, nos seus distintos quadrantes – visitantes nacionais e internacionais, residentes no município, trabalhadores e/ou residentes no Centro Histórico da cidade – a empresa municipal Porto Vivo, SRU, decidiu ampliar o período de participação.

O inquérito, produzido no âmbito do projeto AtlaS.WH – Património no Espaço Atlântico, é um formulário simples, e que estará disponível online até ao dia 21 de fevereiro. Toda a informação e o inquérito encontram-se aqui.

A recolha destes contributos permitirá aferir aspetos a englobar na redação do novo plano de gestão e sustentabilidade para o sítio classificado como Património Mundial.

O projeto AtlaS.WH, cofinanciado pelo programa Interreg Espaço Atlântico através do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, constitui-se numa parceria internacional, entre cinco cidades Património Mundial: Porto, Bordéus, Florença, Edimburgo e Santiago de Compostela.

Esta parceria, liderada pelo Porto, debruça-se sobre os diferentes desafios comuns na proteção da identidade e valorização dos Sítios Urbanos Património Mundial. Tem como principal foco o estudo de novos modelos de gestão e a criação de abordagens inovadoras nos mais diversos domínios e no âmbito da sua vida quotidiana.