Cultura

Porto/Post/Doc regressa neste mês às salas da cidade com programação presencial e online

A 7.ª edição do Porto/Post/Doc regressa às salas da cidade do Porto, entre os dias 20 e 29 de novembro, num registo presencial e online. Sob o tema "A Cidade do Depois", o programa inclui um ciclo de conversas e obras de Pedro Costa, António Campos, Chris Marker, entre outros.

O Teatro Rivoli volta a ser o palco principal do festival de cinema portuense dedicado à ficção e ao documentário, que terá ainda lugar no Passos Manuel, no Planetário do Porto e, paralelamente, face à atual conjuntura, em formato online que disponibilizará grande parte da seleção de filmes.

Num olhar sobre as transformações da representação cinematográfica das cidades ao longo do último século, este ano o festival debruça-se na agitação das vanguardas nos loucos anos 20, até ao pausado cinema contemporâneo.

Será este o mote que vai alimentar a discussão do ciclo "Fórum do Real", que contará com a participação de Boaventura de Sousa Santos (sociólogo), Paulo Pires do Vale (filósofo), Ana Aragão (arquiteta), Roger Koza (crítico de cinema), Pascale Cassagnau (historiadora de arte) e Maria João Madeira (programadora). Pela primeira vez, e numa resposta aos novos tempos que vivemos, as conversas serão realizadas num formato misto, com participações online e presenciais.

Além do debate, o festival apresenta ainda um programa restrito de filmes inspirado na representação cinematográfica das cidades ao longo dos últimos 100 anos e que inclui, entre outros: "A Invenção do Amor" (1965), de António Campos; "Juventude em Marcha" (2006), de Pedro Costa; "Killer of Sheep" (1978), de Charles Burnett; "La Jetée" (1962), de Chris Marker; "Millennium Mambo" (2001), de Hou Hsiao-Hsien; e "The Exiles" (1961), de Kent Mackenzie.

À semelhança das edições anteriores, o certame cinematográfico conta também com as habituais competições Internacional e Cinema Novo, que visam revelar faces ocultas do cinema contemporâneo, a apresentação de uma secção destinada à ligação entre a sétima arte e a música, e outra em que o mote serão filmes falados em língua portuguesa.

O Porto/Post/Doc é realizado em parceria com a Câmara do Porto, contando com o apoio do Ministério da Cultura e do Instituto do Cinema e do Audiovisual e o mecenato da Fundação "la Caixa"/BPI.

O programa completo do festival pode ser consultado no site oficial.