Ambiente

Porto recebe este ano a distinção de “Município Mais Azul”

O Porto foi distinguido como "Município Mais Azul” em 2020 pela Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) e pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA). É a quarta vez nos últimos cinco anos.

A cidade do Porto foi a única galardoada entre os 13 municípios que abrangem as 78 praias com bandeira azul da Região Norte, o que evidencia o reconhecimento das duas entidades, promotoras do galardão, com o compromisso e desempenho do Município, através da Águas do Porto, em manter a qualidade das nove praias que abrangem a orla costeira num nível excelente.

A distinção, que incide sobre as atividades de Educação Ambiental desenvolvidas no âmbito do Programa Bandeira Azul, reconheceu ainda os esforços de adaptação realizados nesta época balnear, já que este ano, devido às regras de distanciamento social impostas pela pandemia, as atividades habitualmente realizadas nas praias e no Pavilhão da Água de forma presencial, foram transpostas para formato digital e divulgadas no Facebook do Pavilhão da Água.

A mensagem de sensibilização ambiental, de segurança, a participação e o efeito multiplicador conseguido, o número de atividades e parceiros envolvidos, bem como a preocupação explícita com a população sénior e portadora de deficiência, foram alguns dos critérios que contribuíram para a atribuição do prémio "Município Mais Azul”.

As iniciativas, desenvolvidas numa ótica inclusiva, contaram com tradução para língua gestual portuguesa, em todas as atividades apresentadas em formato vídeo. Além disso, as atividades, promovidas pela Unidade de Educação Ambiental da empresa municipal Águas do Porto, resultaram de uma ação conjunta com várias entidades parceiras, desde logo a Câmara do Porto, mas também o CIIMAR – Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental, o projeto ColorADD, a LIPOR, a Ordem dos Biólogos, a Agência de Energia do Porto, o Sea Life Porto, a Associação de Surdos do Porto e o Centro de Dança do Porto.

O Município do Porto já tinha obtido a distinção de “Município Mais Azul” em 2016, 2017 e 2018 e, este ano, voltou a revalidar o prémio.

Pela primeira vez este ano, a cidade obteve o pleno ao conquistar a última bandeira azul que faltava na Praia do Castelo do Queijo.