Cultura

Porto inaugura perspetiva única sobre a coleção do MAAT/Fundação EDP

"Quote / Unquote - Apropriação e Diálogo" é o nome da exposição que a Galeria Municipal inaugura, pelas 19 horas deste sábado, e na qual é apresentada uma abordagem única à coleção de arte contemporânea do MAAT/Fundação EDP, resultante da visão colaborativa das curadoras Gabriela Vaz-Pinheiro e Ana Anacleto.

Composta por cerca de 90 obras de mais de 50 artistas, apresenta trabalhos que representam várias gerações e também uma grande variedade de técnicas, o que ajuda a compreender melhor a história da arte contemporânea nos últimos 60 anos.

Acresce que o modelo de conceção da própria exposição e respetiva curadoria resulta também numa oportunidade única de admirar parte da Coleção da Fundação EDP (mecenas da Galeria), proveniente da MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia.

"Quote / Unquote" oferece, por isso, uma proposta de trajeto/narrativa sobre este conjunto de obras que não se repetirá noutro local, pelo que a estreia da temporada da Galeria Municipal do Porto constitui também uma ocasião singular na forma de abordar a coleção. Singular e assumidamente exigente, pois oferece a cada visitante uma enorme quantidade de informação para absorver.

A inaugurar pelo presidente da câmara, Rui Moreira, e pelo administrador executivo da Fundação EDP, Miguel Coutinho, a exposição está subordinada ao tema da apropriação na arte contemporânea e propõe uma leitura transversal destas práticas: a apropriação direta de imagens, textos ou outras formas de produção cultural, a citação como elemento que concorre para a produção de sentido, ou o diálogo consciente e assumido com autores e criações preexistentes.

Este é o segundo momento da série de exposições "Perspetivas / Coleção de Arte Fundação EDP" e encontra-se estruturado em três subnúcleos: "Arquivo e Quotidiano", Espacialidade e Política" e "Imagem e Narrativa".

De entrada livre, "Quote / Unquote" fica patente na Galeria Municipal do Porto até 14 de maio, entre as 10,00 e as 18 horas, de terça a sábado, e entre as 14,00 e as 18 horas aos domingos e segundas. Visitas guiadas aos sábados, pelas 16 horas.