Cultura

Palavras e poesia cruzam-se nas sessões de spoken word da Feira do Livro do Porto

Miguel Nogueira

Três performances que exploram a sensibilidade poética da linguagem falada, as ditas "spoken word", integram o programa cultural que acompanha a Feira do Livro do Porto. "Por que andamos há milhares de anos a desenhar nas paredes?" é a questão que vai procurar ser respondida na primeira sessão. O certame literário regressa aos Jardins do Palácio de Cristal a partir desta sexta, dia 6, numa edição que homenageia Eduardo Lourenço.

O ciclo de três apresentações estreia com "Válvula", um espetáculo provocatório de António Jorge Gonçalves e Flávio Almada, "aka" LBC Soldjah, que faz uma viagem pela história do grafitti. A performance, "que é meio palestra meio concerto de hip hop", e se interroga sobre esses traços de transgressão, arte, comunicação, ocupação e desobediência, inicia às 21,30 horas de dia 7 (sábado), no Auditório da Biblioteca Municipal Almeida Garrett.

As spoken words têm depois continuidade no dia 14, com "Navios dos Loucos", proposta que vai girar à volta de poemas de Cláudia R. Sampaio, José Anjos, Mário Cesariny e Daniel Faria, entre outros, ditos por Cláudia R. Sampaio e José Anjos, com composição e interpretação musical de João Morais (O Gajo) na viola campaniça e Carlos Barretto no contrabaixo. Ao longo do espetáculo serão projetadas imagens a partir da pintura de Cláudia R. Sampaio.

A fechar a tríade deste ciclo proposto por Nuno Artur Silva, programador da edição 2019 da Feira do Livro do Porto, encontramos "Maze", apresentação que chega a 20 de setembro, pela mão de André Neves, mais conhecido como Maze no seio da cultura hip hop. Desde os anos 90, escolhe como arma de intervenção a palavra, tendo começado por se evidenciar pelas mensagens que pintava para colorir o cinzento da Invicta e pelas criações gráficas que desenhava para, mais tarde, se dedicar à escrita e à transposição para o papel e sob a forma de versos daquilo que não podia expressar de outra forma.

Programação de Spoken Word:

> sábado, dia 7, 21h30

"Válvula"

António Jorge Gonçalves

Flávio Almada

> sábado, dia 14, 21h30

"Navio dos Loucos"

Cláudia R. Sampaio

José Anjos

João Morais ("O Gajo")

Carlos Barretto

> sexta-feira, dia 20, 21h30

"Maze"

 Maze

O acesso é livre, mas condicionado à lotação do Auditório da BMAG.

Conheça ao detalhe o programa cultural do festival literário da cidade, que vai desenrolar-se entre 6 e 22 de setembro, vendo o Jornal da Feira do Livro:

- consultar na plataforma Issuu

- consultar ou descarregar ficheiro .pdf