Economia

Os "óscares dos eventos" trazem o mundo ao Porto

Sem a estatueta dourada, mas com um elefante como símbolo de referência, os "Óscares dos eventos", os Bea Awards, realizam-se pela primeira
vez em Portugal. Os prémios serão atribuídos no Bea World Festival, que na
próxima semana reúne mais de 500 participantes de todo o mundo. Ao Porto chegam
os melhores dos melhores da indústria de eventos, o que torna esta iniciativa
numa oportunidade de promoção da cidade, da região e do país.


Com perto de 30 categorias em competição e cinco finalistas
portugueses, os Bea Awards atingem em 2017 a dimensão mundial, após onze
edições em contexto europeu. Precisamente no ano da sua globalização, trazem as
maiores agências e clientes de grandes eventos ao destino Porto.


Criatividade, desempenho e alcance/impacto público são
critérios avaliados numa competição que junta finalistas de diferentes países, com realidades de negócio e orçamentos distintos. Nesta
diversidade encontram-se as mais poderosas marcas, empresas e iniciativas, mas
também aquelas que, por um ou outro motivo, souberam comunicar de forma diferenciadora.


Tendo como entidade organizadora local a APECATE -
Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos,
o Bea World é considerado uma oportunidade para promover o Porto como destino
da indústria de eventos. Com esse intuito, e apesar de decorrer sobretudo no
Centro de Congressos da Alfândega, o festival tem vários palcos: gala
de prémios no Rivoli, festa no Ateneu Comercial ou jantares no Palácio da Bolsa
e no Terminal de Leixões, bem como passeios turísticos, fazem o programa de
três dias.