Sociedade

Oito Espaços do Cidadão vão ser criados no Porto

Oito Espaços
do Cidadão vão ser implementados nos próximos tempos na cidade por outras
tantas juntas de freguesia. Esta rede decorre da assinatura do protocolo hoje
realizada, nos Paços do concelho, entre a Câmara Municipal do Porto e a Agência
para a Modernização Administrativa.


Os novos
Espaços do Cidadão enquadram-se no Programa Aproximar, que pretende criar uma
oferta de atendimento complementar aos serviços hoje existentes e mais próxima
dos cidadãos. São um complemento às Lojas do Cidadão existentes no país e
também no Porto.


"Com este
projeto, o 'ponto do Porto' - imagem da autarquia e no qual o cidadão é o centro
da política que desenvolvemos - vai transformar-se em vários 'pontos', outros
tantos Espaços que irão contribuir para a melhor governação local. Este é, para
nós, 'ponto de honra'", afirmou o presidente da Câmara, Rui Moreira, acrescentando:
Este passo vai contribuir para o reforço do papel das Juntas e Uniões de
Freguesia na governação local, dando assim cumprimento ao nosso programa eleitoral
e ao nosso programa de Governo para a cidade".


Presentes na
cerimónia estiveram também o secretário de Estado da Modernização
Administrativa, Pedro Cardoso da Costa, e o presidente do Conselho Diretivo da
Agência para a Modernização Administrativa, Paulo Neves, e dos presidente de junta e uniões de freguesia da cidade.