Cultura

Obras de Amadeo de Souza Cardoso patentes no Museu Nacional Soares dos Reis

Obras de Amadeo de Souza Cardoso estão patentes no Museu
Nacional Soares dos Reis até final do ano. É uma recriação da exposição que o próprio artista fez há 100 anos no Porto.


Oitenta e uma das 114 obras de Amadeo de Souza Cardoso
expostas no Porto em 1916, na única exposição individual do artista (então, no salão
de festas do Jardim Passos Manuel), compõem a mostra agora patente no Soares
dos Reis, onde permanece até ao final do ano, antes de seguir para Lisboa em
janeiro.


"As obras que Amadeo decidiu expor [em 1916] estão hoje
dispersas por diversas coleções públicas e privadas. Reuni-las, procurando
refazer os gestos e as opções do malogrado pintor [que morreria,
inesperadamente, em 1918, com 30 anos de idade] é, em primeiro lugar, uma
homenagem", indica a descrição da exposição, que conta com curadoria das
investigadoras Raquel Henriques da Silva e Marta Soares.


No dia 1 de Novembro de 1916 era inaugurada no salão de
festas do Jardim Passos Manuel (atual Coliseu do Porto), a
primeira e única exposição individual organizada em vida de Amadeo de Souza
Cardoso. O pintor foi o comissário da sua própria mostra e encarregou-se da
divulgação, e de todos os aspetos relacionados com a organização.


A exposição estará agora no Museu Nacional Soares dos Reis até 1
de janeiro de 2017, após o que segue para Lisboa, onde será apresentada no
Museu do Chiado.