Sociedade

O design como disciplina de intervenção nas cidades é tema de análise

Rui Moreira
vai participar na conferência "Do Objeto Reinventado à Cidade Reinventada", no âmbito
do programa da Representação Portuguesa na XXI Trienal de Milão 2016. A
iniciativa vai decorrer na próxima quarta-feira, 29 de junho, no Terminal de
Cruzeiros do Porto de Leixões, em Matosinhos e reúne um conjunto de destacados
especialistas nas áreas do design, arquitetura e sociologia.


Promovida pela
ESAD, Escola Superior de Artes e Design de Matosinhos, em parceria com o jornal Público, a conferência tem como objetivo debater as formas de produção,
mediação e comunicação que, nas suas interligações ao design, suscitam uma nova
agenda de questões e propostas futuras.


Recorde-se
que a apresentação do projeto para o antigo Matadouro de Campanhã decorreu
precisamente na XXI Trienal de Artes, Design e Arquitetura de Milão, associada
ao lançamento da publicação "Porto Before Porto", que explica o
projeto de arquitetura, as principais linhas de programação para o equipamento,
reunindo, ainda, dois ensaios sobre a cidade.


Da escala do
objeto à escala da cidade, as transformações tecnológicas e culturais, os
desafios suscitados por uma conjuntura de crise económica e pela redefinição
dos valores que alicerçam a sociedade requisitam o design como disciplina cada
vez mais determinante na intervenção crítica sobre o presente e no projetar
sustentável de um futuro.


A
programação portuguesa na XXI Trienal Internacional de Milão sintetiza um
programa curatorial em torno do título "Objects After Objects", comissariado
por José Bártolo, com curadoria de Roberto Cremascoli e Maria Milano, é
promovido pelo Governo de Portugal, através do Ministério da Cultura, com
organização da ESAD Escola Superior de Artes e Design de Matosinhos e ESAD IDEA
Investigação em Design e Arte.


+Info: Consultar programa


Notícia Relacionada: Projeto revolucionário para antigo Matadouro de Campanhã apresentado hoje em Milão