Urbanismo

Novas obras na Sé do Porto vão reabilitar circuito de visita ao edifício histórico

O circuito de visita da Sé do Porto vai sofrer obras de
reabilitação promovidas pela Direção Regional de Cultura do Norte (DRCN) e pela
Fábrica da Catedral do Porto.


A empreitada de reestruturação, orçada em 636 mil euros,
está inserida na Operação Rota das Catedrais a Norte que é comparticipada em
85% pelo Programa Operacional Norte 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento
Regional, conforme avançou a Agência Ecclesia.


No que concerne ao circuito de visita, a intervenção inclui redução
de barreiras arquitetónicas e infraestruturas técnicas e reforço estrutural da
Escadaria Nasoni, construída pelo famoso arquiteto italiano Nicolau Nasoni e
que conduz ao primeiro piso do claustro gótico da Sé.


Vão seguir-se outras intervenções, nomeadamente a substituição
da cobertura da Capela-Mor, reforço estrutural da abóbada em pedra, associando
trabalhos de conservação no retábulo-mor.


De referir que foram já concluídos trabalhos de conservação e restauro da
caixa dos dois órgãos da capela-mor e das suas dependências diretas, além do
reforço estrutural dos varandins dos dois órgãos. Ainda a decorrer estão os
trabalhos de conservação e restauro do vitral do transepto sul.


O projeto nacional "Rota das Catedrais" foi criado
em junho 2009, através de um Acordo de Cooperação celebrado entre o Ministério
da Cultura e a Conferência Episcopal Portuguesa. A operação abrange, no seu
conjunto, intervenções nas sés do Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real,
Lamego, Bragança e na concatedral de Miranda do Douro, com um total de
investimento de 2,5 milhões de euros.