Sociedade

No Dia Internacional da Biodiversidade descubra os programas de educação ambiental que a celebram

Nesta sexta-feira, dia 22 de maio, comemora-se o Dia Internacional da Biodiversidade e, por isso, nada mais oportuno do que conhecer ou seguir os novos episódios dos programas "Biodiversidade em casa" e "De binóculos no sofá", produzidos pela equipa de Educação Ambiental da Câmara do Porto e lançados no canal de YouTube Porto.

O projeto nasceu no período de confinamento mas, do tanto que há para comunicar quer sobre plantas quer sobre animais, foi crescendo, à medida também que o número de visualizações apontava nesse sentido. Ganhou escala com três programas, um deles dedicado há biodiversidade em casa, onde são partilhados conselhos e dicas úteis sobre como cultivar em casa plantas, que podem ser aproveitadas para sopas, saladas, chás, temperos e até para perfumes.

Assim, no mais recente episódio do "Biodiversidade em casa", aprendemos quais os cuidados a ter com as plantas ao longo do ano. Desde logo, o programa ensina "a olhar para um vaso como um todo": a ver a aparência da terra, a perceber se existem insetos e outros organismos, qual o aspeto dos caules e, principalmente, conhecer as folhas, as quais dizem muito sobre a saúde das nossas plantas.

Mas há mais programas que se enquadram no tema da Biodiversidade. "Binóculos no sofá" é disso exemplo ao procurar aprofundar o conhecimento que temos sobre espécies de aves, mamíferos, anfíbios e até sobre espécies arbóreas.

Deixamos a sugestão para ver o episódio do morcego-anão. Sabia que esta espécie tem o peso de um pacote de açúcar, mas que numa só noite consegue comer o dobro do seu peso?

O Dia Internacional da Biodiversidade foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 1992. "A biodiversidade, seja uma espécie ou todo um ecossistema, é vital para a saúde e o bem-estar dos seres humanos. A qualidade da água que bebemos, os alimentos que consumimos e o ar que respiramos dependem da boa saúde da natureza", sublinha a ONU.