Cultura

Não há Natal sem circo no Coliseu Porto

Nuno Nogueira Santos

Se o circo faz parte do Natal, o do Coliseu Porto já se afirmou como uma das mais enraizadas tradições da cidade. Este ano, o novo circo, recorrendo aos melhores artistas contemporâneos do momento e sem animais em pista, regressou ao Coliseu Porto, que comemora este mês 75 anos.

A edição deste ano que se iniciou a 3 de dezembro e se prolonga até 1 de janeiro, conta com uma programação da inteira responsabilidade do Coliseu e apresenta-se ainda mais completa e rica do que em anos anteriores.

Para Eduardo Paz Barroso, presidente do Coliseu Porto, "a edição deste ano apresenta números de elevado nível técnico, inéditos na cidade e que colocam o circo do Coliseu Porto num plano cada vez mais superior. Este espetáculo é um momento de encontro ritual da cidade com ela própria, com a sua tradição e com o seu imaginário, do qual o Coliseu é um elemento fundamental".

 

Pela pista do Coliseu Porto passam alguns dos melhores números dos grandes circos internacionais, atualmente em digressão mundial. Três dezenas de artistas circenses nacionais e internacionais, reconhecidos e premiados, exibem diferentes números que vão desde: o equilibrismo em escada, às acrobacias em monociclos; dos malabares, ao contorcionismo; do ballet em ombros, ao trapézio e aos funâmbulos, entre muitas outras modalidades, não faltando os tradicionais palhaços, este ano com uma trupe de humor nacional.

Da presente edição, destacam-se nomes como The Gerlings, trupe de artistas colombianos, convidada também a participar no próximo Festival de Monte Carlo, em 2017, que apresenta números de equilibrismo e uma roda da morte; disciplinas como contorcionismo com velas, ballet em ombros e diábolos estão a cargo do Circo de Cantão; também os checos Faltiny descem à pista com equilibrismo em escada, acrobacias em monociclos e malabares, sem faltar ainda o trapézio com Liuba Uljankina, reconhecida com o 1º prémio da escola do Circo de Moscovo. Para além destes, muitos outros artistas vão passar ao longo do mês de dezembro por esta grande praça coberta da cidade que é o Coliseu Porto.

E para encher de alegria e riso a plateia, os tradicionais palhaços chegam com Barry Lubin, conhecido por Big Mama, que atuou nos maiores circos internacionais, e com Adolfo Luftman & Ca., trupe de humor nacional.