Cultura

Missão Férias já regressou com medidas de segurança acrescidas e privilegiando as atividades ao ar livre

Utilização de máscaras, reforço de atividades ao ar livre e medidas de segurança acrescidas marcaram, nesta segunda-feira, o regresso da Missão Férias@Porto. A iniciativa municipal, que decorre até dia 28 de agosto, ainda dispõe de vagas e as inscrições são feitas online.

Após a interrupção forçada das atividades programadas para o campo de férias da Páscoa devido à pandemia causada pelo novo coronavírus, a Missão Férias@Porto regressou nesta segunda-feira, dia 6, com o reforço de seis polos espalhados pela cidade e um conjunto de atividades ao ar livre, numa edição marcada por medidas preventivas, condensadas num Manual de Procedimentos.

Com várias novidades no que toca à sua organização, a edição deste ano contou com uma receção dos participantes diferente. A oferta de um kit com equipamento de prevenção e proteção a cada uma das crianças, bem como a medição da temperatura no momento da chegada, foram algumas das medidas adotadas por parte da iniciativa que se prolonga até dia 28 de agosto.

Tendo em conta o atual panorama, a segurança era uma prioridade acrescida no plano de atividades desta edição, procurando cumprir, de forma rigorosa, com todas as medidas recomendadas pela Direção Geral de Saúde (DGS) e pelo Instituto Português da Juventude, relativamente à organização de campos de férias.

Desta forma, a empresa municipal Ágora - Cultura e Desporto do Porto, promotora da iniciativa, elaborou um Plano de Contingência e adotou um conjunto de medidas de modo a garantir uma participação segura e divertida, privilegiando atividades ao ar livre e os desportos individuais, e assegurando sempre o bem-estar dos participantes, sem descurar os momentos de lazer, aprendizagem e desenvolvimento pessoal.

Além de duplicar os polos de acolhimento para seis localizações e redimensionar as turmas para metade, de 24 para 12 crianças, o número de professores aumentou, de modo a assegurar um por cada turma. No plano desta edição, foi ainda incluído um coordenador/higienizador por cada polo.

O programa que, no ano passado, recebeu um prémio pela qualidade da oferta e pelo grau de satisfação dos participantes, permite desfrutar de atividades como atletismo, atividades aquáticas, badminton, cinema, esgrima, equitação, golfe e minigolfe, magia, novo circo, oficinas de alimentação e ciência, piscina, praia, ténis, tiro com arco, robótica, skate, surf, visitas a museus e exposições, voleibol e xadrez, entre outras, possibilitando o desenvolvimento do espírito de iniciativa e a capacidade criativa e crítica, num ambiente de convívio que promove a integração social.

Destinado a crianças e jovens entre os 6 e os 15 anos, que sejam residentes ou não na cidade do Porto, a iniciativa encontra-se dividida em seis polos localizados no Complexo Desportivo do Monte Aventino, no Pavilhão Irene Lisboa, no Pavilhão Infante de Sagres, no Pavilhão do Viso, no Pavilhão Pêro Vaz de Caminha e no Parque Desportivo de Ramalde/INATEL.

Estes locais, escolhidos aquando da inscrição feita pelos encarregados de educação, funcionam ainda como ponto de receção e entrega das crianças, sendo que o programa de atividades é idêntico em cada polo.

A iniciativa, que se prolonga ao longo de oito semanas, ainda dispõe de vagas e as inscrições, feitas exclusivamente online, devem ser submetidas através do preenchimento de um formulário e posterior envio para o email inscricaomissaoferias@agoraporto.pt.

Além disso, e à semelhança dos anos anteriores, a autarquia proporciona descontos para as inscrições realizadas para mais do que uma semana e para os agregados com dois ou mais filhos inscritos. Nesta edição, foram já disponibilizadas 80 inscrições gratuitas a crianças e jovens sinalizadas pelo Pelouro da Coesão Social da Câmara do Porto.

Com uma elevada taxa de adesão de participantes, tendo recebido na última edição mais de 2.000 inscrições, a Missão Férias@Porto é uma iniciativa municipal que procura promover o convívio e a integração social, desenvolver o espírito de iniciativa, a capacidade criativa e crítica e a realização pessoal dos participantes, num programa que inclui mais de 30 atividades diferenciadoras de toda a oferta da cidade.