Sociedade

Missão Férias divertiu 700 crianças ao longo de oito semanas de atividades

João Queirós

Os campos de férias municipais chegaram ao fim com o sentimento de missão cumprida. Numa edição marcada pelo reforço das medidas de segurança, a Missão Férias esgotou o número de inscrições e proporcionou a 700 crianças do Município mais de 240 horas de diversão.

Após oito semanas repletas de animação, terminou, na passada sexta-feira, mais uma edição da Missão@Férias Porto. Com mais de 1.100 inscrições realizadas só na primeira semanaa iniciativa esgotou a totalidade das quase 1.500 inscrições disponíveis para a atividade municipal, com uma taxa de satisfação superior a 98%, de acordo com um inquérito realizado aos participantes, no que diz respeito à organização, qualidade da programação e medidas de segurança adotadas.

Com um balanço final extremamente positivo e tendo em conta o atual contexto de pandemia, o desafio desta edição foi ainda maior, com o Município do Porto a viabilizar a iniciativa, dando a oportunidade a mais de 700 crianças e jovens, entre os 6 e os 15 anos, de ocuparem os seus tempos livres de forma ativa e divertida, sobretudo após um tão longo período de confinamento.

Segundo Catarina Araújo, vereadora do pelouro da Juventude e Desporto, "a decisão mais fácil seria cancelarmos esta edição. Mas, apesar de todos os riscos, quisemos ir em frente e organizar esta iniciativa, adaptando-a naturalmente ao momento que vivemos. Sabíamos que o desafio era enorme, mas contamos com uma equipa empenhada e muito experiente que conseguiu adaptar todo o programa em tempo recorde. Fomos extremamente meticulosos com o plano de segurança, indo sempre além das recomendações da própria Direção Geral de Saúde, provando que era possível ocupar as nossas crianças num ambiente seguro e divertido".

A iniciativa, que reúne mais de 30 atividades diferenciadoras, arrancou a 6 de julho e prolongou-se até esta sexta-feira, dia 28 de agosto, contando com várias novidades, a começar por um reforço nas medidas de segurança adotadas.

Além de um plano de contingência elaborado pela empresa municipal Ágora - Cultura e Desporto, promotora da iniciativa, houve um aumento das atividades realizadas ao ar livre, o redimensionamento das turmas para metade (de 24 para 12 crianças), o aumento do número de professores, a duplicação dos polos de receção (de três para seis) e, ainda, a oferta de um kit de proteção individual a cada participante.

"Tudo foi pensado para minimizar qualquer risco de contágio entre os participantes. Foi, é claro, um ano de grande exigência, mas em que cumprimos o maior dos desafios: manter as nossas crianças felizes e ocupadas", destacou, ainda, Catarina Araújo.

Além destas medidas, a realização desta edição contou ainda com uma equipa reforçada e constituída por dois coordenadores, seis subcoordenadores e 44 monitores. Os quase 700 participantes foram distribuídos por seis polos, respetivamente: o Complexo Desportivo do Monte Aventino, Pavilhão Irene Lisboa, Pavilhão do Viso, Pavilhão Infante de Sagres, Pavilhão Pêro Vaz de Caminha e Parque Desportivo de Ramalde / INATEL.

A iniciativa procura promover o convívio e a integração social, desenvolver o espírito de iniciativa, a capacidade criativa e crítica e, ainda, a realização pessoal dos participantes.

À semelhança dos anos anteriores, a autarquia proporcionou descontos para as inscrições realizadas para mais do que uma semana, assim como para os agregados com dois ou mais filhos inscritos. Nesta edição, foram igualmente disponibilizadas 80 inscrições gratuitas a crianças e jovens sinalizados pelo Pelouro da Coesão Social da Câmara do Porto.

Recorde-se que os campos de férias municipais são organizados desde 2010, numa fase inicial apenas no período das férias de verão, tendo sido depois alargados às férias da Páscoa e, este ano, pela primeira vez, também ao Natal. Em 2017, a Missão@Férias Porto recebeu o certificado de Qualidade atribuído pela APCER e, no ano passado, foi distinguida pela rede de municípios Amigos do Desporto com o galardão Campo de Férias do Ano 2019.