Mobilidade

Metro atinge recorde com mais de 30,5 milhões de passageiros no primeiro semestre deste ano

Em mais uma sexta-feira de Move Porto - Metro 24h, o serviço
que acompanha as principais noites da movida na Baixa da cidade, a Metro do
Porto anuncia que 2017 é já um ano "com resultados nunca antes vistos em termos
de procura": entre janeiro e junho, inclusive, mais de 30,5 milhões de pessoas usaram
este meio de transporte, o que representa um acréscimo de 4,88% face ao 2016.


Este foi "o melhor primeiro semestre de sempre no Metro do
Porto", que superou, pela primeira vez, a barreira dos 50 mil clientes. Dos
seis meses em análise, maio bateu o recorde absoluto de validações mensais, com
mais de 5,5 milhões.


A empresa salienta que, neste primeiro semestre do ano, "o
indicador de procura melhorou entre 2 a 12 por cento em quase todos os meses".
A exceção é abril, com o período de férias da Páscoa a refletir-se num "pequeno
decréscimo" face a 2016.


Os resultados permitem ainda concluir que a Linha Amarela
(D) se mantém no topo da procura, com mais de 9,2 milhões de clientes
transportados - ou seja, mais 5,93% do que no período homólogo. A Linha Violeta
(E) é aquela que apresenta maior crescimento relativo, tendo em seis meses
melhorado 17,57% comparativamente ao ano anterior. Esta linha, que serve o
Aeroporto, registou mais de 470 mil validações no semestre e pesa atualmente
1,5% no conjunto da procura global da rede do Metro.


 


Se for sair, conte com
o Move Porto - Metro 24h


Hoje, entretanto, volta aos carris o Move Porto - Metro 24,
o serviço especial que assegura o funcionamento dos transportes públicos às
sextas e sábados, desde 1 de junho e até 1 de outubro.


Fruto da parceria
entre Câmara do Porto, Metro do Porto e STCP, o Move dota as noites de animação
de critérios de mobilidade, segurança e conforto. Ou seja, garante-se a
operacionalidade contínua das linhas Amarela (D), entre o Hospital de São João
e Santo Ovídio, e Azul (A), entre o Estádio do Dragão e a Senhora da Hora,
sendo a frequência das paragens de 20 minutos. Complementarmente, integra a
rede madrugada da STCP, que ao fim de semana reforça a sua oferta, surgindo
como alternativa de transporte público nas áreas não contempladas pela rede de
metro.


A operação noturna
estende-se ao parque de estacionamento do metro na Estação Estádio do Dragão,
com capacidade para 850 lugares, que funciona toda a noite aos fins de semana,
por 0,95€ por cada 12 horas, para clientes que utilizem o sistema Andante. Na
Senhora da Hora, o parque à superfície é gratuito.