Mobilidade

Mais de 7.300 jovens do Porto utilizam gratuitamente os transportes públicos

  • Porto.

  • Notícia

    Notícia

#mno_paragem_stcp.jpg

Porto.

Atualmente, 7.309 jovens, entre os 13 aos 18 anos, já utilizam gratuitamente o sistema intermodal com a assinatura Andante “Porto.13-18”. Este dado representa um aumento de 20% comparativamente ao número de cartões renovados e emitidos no ano letivo anterior.

Com o início do ano letivo de 2021/2022, e até final do mês de setembro, a adesão ao Porto.13-18 registou os melhores valores de sempre, desde que o título de transporte foi criado pelo Município do Porto.

A adesão dos jovens traduziu-se, no mês de setembro, em 143.422 validações, o que significa um crescimento superior a 55% na utilização dos transportes públicos por comparação com o mês homólogo de 2020, que havia registado 91.979 validações.

Em termos de idades, são os jovens com 16 anos que mais procuram o Porto.13-18 (1.427), seguidos dos de 17 (1.298) e 15 anos (1.216).

A assinatura intermodal gratuita abrangia, em 2020, um total de 4.715 jovens da cidade, ano em que a gratuitidade do título de transporte “Porto.13-15” foi alargada até aos 18 anos, correspondendo a um investimento da autarquia na ordem dos 1,2 milhões de euros por ano.

Para as famílias, o alargamento da gratuitidade representou uma poupança considerável. Aquilo de que agora usufruem sem encargos teria, anteriormente, um custo anual de 324 euros.

Para além de permitir a utilização gratuita dos transportes públicos, seja Metro, STCP ou Funicular dos Guindais, num limite de três zonas contíguas, a adesão ao Andante 13-18 permite usufruir das vantagens do Cartão Porto. – sejam descontos no Teatro Municipal do Porto, no Pavilhão da Água, nos eventos culturais promovidos pela Câmara e nas piscinas municipais, acesso aos serviços das bibliotecas municipais, visitas gratuitas aos Paços do Concelho, entre outras.

Esta franca adesão ao título de transporte gratuito por parte dos jovens constitui um forte indicador de que o trabalho da Câmara do Porto no incentivo à utilização dos transportes públicos, com incidência especial junto faz camadas mais jovens da população, está a produzir o efeito desejado.

A cidade do Porto está comprometida em mitigar as alterações climáticas e já assumiu o compromisso europeu de alcançar a neutralidade carbónica até 2050.