Ambiente

Jardim Botânico do Porto lança programa de visitas noturnas até setembro

Miguel Nogueira

A partir desta terça-feira, dia 7, até ao final do verão, o Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto (MNHC-UP) abre o Jardim Botânico do Porto para visitas noturnas. Uma oportunidade única para ficar a conhecer o espaço verde que reúne mais de 700 espécies de camélias e que apresenta também um ecossistema riquíssimo. A entrada é gratuita, mas requer marcação prévia.

O programa de visitas é semanal e, de forma a diversificar as propostas, foi definido um plano com três abordagens para explorar o Jardim Botânico à noite.

Assim, "A vida à luz da lua" decorre hoje (7 de julho), a 4 de agosto e a 1 de setembro, sempre com início às 21 horas. Leva os visitantes numa aventura ao luar pelo jardim para descobrir "brilhos e fragrâncias intensas" e inclui uma passagem pela Galeria de Biodiversidade.

A segunda proposta é de "A vida à noite no jardim", que procura proporcionar nos participantes uma imersão na multitude de espécies que se movimenta no silêncio da noite, como flores noturnas, insectos, morcegos, aves e anfíbios, sendo que cada sessão tem um tema diferente. Há sessões marcadas para 14, 21 e 28 de julho, 11, 18 e 25 de agosto, 8, 14, 22 e 19 de setembro, também com arranque às 21 horas.

Por último, "Os segredos de Vitória" pretende dar a conhecer a Victoria cruziana, planta tropical mais conhecida como a "rainha dos nenúfares". Segundo o Museu, "esta planta apenas mostra as suas flores durante a noite, uma vez no ano", por isso prepara-se para embarcar numa experiência única, digna de registo. O calendário de visitas será definido entre os meses de agosto e setembro.

A participação nas visitas é gratuita, mas requer inscrição prévia através do e-mail visitas@mhnc.up.pt, uma vez que a lotação é limitada a dez pessoas por sessão.

+ info: Consulte o programa completo do "Verão no Museu"