Cultura

Quarteirão de Miguel Bombarda oferece animação online neste fim de semana

Fiipa Brito

A próxima edição das Inaugurações Simultâneas, no Quarteirão de Miguel Bombarda, estava inicialmente marcada para dia 14 de novembro, no entanto face às medidas de recolher obrigatório decretadas para os próximos dois fins de semana, o convite de visita às galerias transita para dia 17 e permanece até janeiro. A habitual animação mantém-se neste sábado à tarde, mas passa para o meio digital.

No decorrer do Estado de Emergência decretado e das novas regras emanadas de recolher obrigatório ao sábado e domingo, entre as 13 e as 5 horas da madrugada seguinte, aquela que é a última edição de 2020 dos ciclos expositivos nas galerias de arte contemporânea, situadas na Rua de Miguel Bombarda, teve de ser adiada para a próxima terça-feira, contudo a animação de rua, que usualmente acompanha o evento, mantém-se neste sábado e é transferida, à semelhança da última edição, para a página de Facebook da empresa municipal Ágora - Cultura e Desporto.

Sob o mote “Bombarda em Casa”, este formato alternativo vai apresentar três oficinas de “artes e ofícios” e uma conversa sobre desenho e processo criativo.

A imagem do cartaz deste ciclo ficou a cargo da artista plástica A Constança e a tipografia resulta de uma parceria com a designer e diretora artística Joana Machado (Colönia Studio).

Algumas galerias vão apresentar novas exposições, outras prolongam as que estão já patentes. Em paralelo, os espaços comerciais e alternativos do quarteirão mais criativo da cidade estão a preparar novas coleções, sugestões de design ecológico e sustentável, moda e acessórios com design e produção nacional, joalharia contemporânea de autor, objetos de decoração e iluminação personalizados, cabazes de Natal, doces, vinhos e produtos da época. 

A visita a cada galeria pode ser agendada através dos respetivos contactos de correio eletrónico.

Programa completo do "Bombarda em Casa"

Oficinas online "Artes e Ofícios", dinamizadas na plataforma Zoom: 

15 horas - Desenho autorretrato, por Joana Estrela

"Espelho meu, espelho meu." Depois de analisados exemplos de autorretratos famosos na História de Arte, os participantes desenharão o seu próprio retrato, passo a passo e em conjunto. Poderão aprender algumas das regras básicas para as proporções da cara e experimentar com desenho cego e outras distorções. Com 20 vagas, a atividade destina-se a maiores de seis anos e as inscrições podem ser feitas aqui.

16 horas - Joalharia contemporânea, por Aurea Praga

Esta atividade teórica, que não implica conhecimentos prévios, servirá de ponto de partida para reflexões sobre a Joalharia Contemporânea. Será feita uma breve análise da sua terminologia, uma contextualização internacional e uma interpretação de obras fundamentais. O objetivo é que os participantes compreendam a vertente contemporânea do setor e construam uma visão mais esclarecida acerca do seu contexto. Destinada a joalheiros e entusiastas da joalharia contemporânea, a oficina tem 10 vagas e as inscrições podem ser feitas através do correio eletrónico.

17 horas - Bateria e ritmos, por José Marrucho

Esta oficina demonstrativa irá abordar questões de independência e de aplicação de leituras rítmicas a diferentes estilos musicais. Serão partilhadas dicas para quem quer ingressar na carreira de músico. Destina-se a músicos de nível básico e intermédio e reúne cinco vagas que podem ser submetidas a partir do correio eletrónico.

Conversa online sobre desenho e processo criativo (transmitida pela página de Facebook da Ágora):

18 horas - "Da Metáfora Literária à Metáfora Visual", com Constança Araújo Amador e Catarina Gomes, mediada por Paula Sá

A artista plástica Constança Araújo Amador, A Constança, que participa na exposição coletiva da Galeria Trindade sob o tema "Natureza morta com laranjas", pensamentos poéticos de A.Riomonte, irá conversar com a designer e ilustradora Catarina Gomes, representada pela Ó! Galeria, que recentemente apresentou o livro "Sayid Manuel", a biografia ilustrada de um gato, editado pela Trinta Por Uma Linha. 

A ilustração conquistou espaço nas galerias de arte contemporânea e ganhou uma nova dimensão enquanto forma de expressão e objeto de reflexão, capaz de trabalhar duas linguagens: a verbal, na forma de texto, e a plástica, na forma do desenho e da pintura.

Lista completa de exposições patentes 

Rua de Miguel Bombarda

- Galeria São Mamede: “Dois Escultores”, de Pedro Figueiredo e Pedro Moreno Ramos; 

- Galeria Presença: “A bula do medo” de Mafalda Santos | Project Room: “Pico das éguas”, de Pedro Vaz;

- Galeria Serpente - "auto-paisagem", de Pedro Ruiz;

- Galeria Quadrado Azul: "Lanhaslândia", de Fernando Lanhas; 

- Galeria Fernando Santos: "Olhar Indiscreto", de Pedro Calapez;

- Galeria Fernando Santos 531: "À procura de um outro Continente", de Daniela Krtsch;

- REM - espaço arte: "TRANSPOSIÇÃO", exposição coletiva;

- Galeria Simbolo: exposição coletiva;

- Galeria João Lagoa: exposição coletiva;

- Galeria Artes em Partes: - "W.I.P - Work in Progress" (escultura), de Cristina Roque dos Santos;

- Galeria Ap'arte: "OUVIR O MUSGO A CRESCER", de Mário Vitória, e exposição coletiva;

- Galeria Trindade: exposição coletiva "Natureza morta com laranjas" e apresentação do livro de poesia e pensamentos poéticos de A. Riomonte, com o mesmo nome; 

- Ó! Galeria: "Another Random Day", de Carolina Celas. 

Rua Adolfo Casais Monteiro

- Espacio Jhannia Castro: "Transa_Baladas do último sol", de Ângela Berlinde.

Rua do Rosário

- Galeria Adorna: "Long time no see", de Renata Siqueira Bueno, e "Todos num", de Rolando Castellon.