Cultura

Homenagem a realizador no Rivoli

José
Fonseca e Costa considerado um dos símbolos da nova geração do Novo Cinema português a
partir dos anos 70 será homenageado com duas sessões especiais no próximo dia
10 de maio no Teatro Municipal do Porto, Rivoli.


No âmbito da
estreia do seu último trabalho "Axilas", cuja rodagem estava perto do final
quando o realizador faleceu (novembro de 2015), marcada para esta semana, a Medeia Filmes, em colaboração com o Teatro Municipal do Porto, Rivoli e a Cinemateca
Portuguesa (e com um agradecimento especial à família do realizador), irá
também projetar, em cópias 35 mm, dois dos seus maiores filmes: "Sem sombra de
pecado (1983)" e Cinco dias, cinco noites" (1996), também eles resultantes do
seu diálogo constante e estimulante com a literatura.


O primeiro,
que esteve na Quinzaine des Réalisateurs do festival de Cannes, adapta um conto
de David Mourão-Ferreira e o realizador escreveu o argumento com o escritor
Mário de Carvalho.


Em "Cinco
dias, cinco noites", que Manoel de Oliveira considerava um dos maiores filmes
portugueses de sempre, José Fonseca e Costa adapta a novela de Manuel Tiago,
pseudónimo de Álvaro Cunhal.


 


+Info: Homenagem a José Fonseca e Costa


Teatro
Municipal do Porto, Rivoli


Terça, 10 de
maio


18,30 horas:
"Sem Sombra de Pecado"


22 horas: "Cinco
Dias Cinco Noites"


Bilhetes: 3
euros