Economia

Hackacity está de volta dias 27 e 28 de maio

Após o
sucesso da primeira edição no Porto, o Hackacity está de volta, dias 27 e 28 de
maio, com mais uma maratona de programação. Os participantes são convidados a
desenvolver aplicações que tenham impacto na vida da cidade, usando big data.


A
iniciativa, que nasceu em 2015 de uma ligação entre a Câmara do Porto e a 7
Graus, gerou resultados que tiveram visibilidade a nível internacional. O Porto
desafiou e outras cidades mundiais juntaram-se ao movimento. Este ano, a
Hackacity contará com a participação de Amersfoort, Utrecht, Santander, Olinda
e Recife, a desenvolver soluções em simultâneo nos mesmos dias.


Os
participantes utilizarão dados fornecidos sobre mobilidade, turismo, ambiente e
segurança para o desenvolvimento de aplicações que melhorem a vida dos
habitantes e turistas. Aplicações que poderão cobrir questões como informação
turística, apoio aos cuidados de saúde, gestão de tráfego e estacionamento,
entre outros.


As
inscrições para a edição do Porto estão abertas e procuram-se programadores,
designers, gestores e criativos, que, em 24 horas, queiram desenvolver uma
aplicação que venha a melhorar a vida na cidade. No final, um júri irá premiar
os três projetos com maior potencial.


A primeira
edição teve 40 participantes, que durante 24 horas trabalharam em 10 equipas,
apresentando 10 soluções.


A organização
conta com o apoio da Comissão Europeia, da plataforma FIWARE, da Open Agile
Smart Cities e da Ubiwhere no fornecimento dos dados e apoio técnico aos
participantes.


O evento
está integrado na Semana Start&Scale, para promoção da inovação, empreendedorismo
e emprego na cidade, promovida pelo Município do Porto através da iniciativa
ScaleUp Porto.

+Info: www.hackacity.eu