Cultura

Fotógrafos captaram a "alma luminosa" da cidade

  • Notícia

    Notícia

Luciana Bignardi

A Casa do Infante acolhe uma
exposição de fotografias de clarabóias e lanternins da cidade do Porto da
autoria de Paulo Gaspar Ferreira e Luciana Bignardi, numa coprodução entre a
Câmara do Porto e a livraria In-libris. A mostra intitulada "Anima
Luminária - Clarabóias, Lanternins e outras Lumeeiras na cidade do Porto"
constitui um tributo ao enorme e riquíssimo património quase escondido nos
telhados da cidade.


Com uma abordagem plástica e
não-documental, os autores procuraram a alma luminosa da urbe portuense e
convidam a percorrer as suas cores, transparências e movimentos.


"Clarabóias de palacete rico existem
em todo o mundo, mas nós temos uma coisa muito mais rica pela diversidade, que
é a claraboia da casa das pessoas", explicou ao www.porto.pt,
Paulo Gaspar Ferreira, fotografo que há mais de três décadas se dedica a esta
temática.


"É um tributo que fazemos a este tesouro
que vive nos telhados do Porto", rematou o autor, que partilha a mostra com Luciana
Bignardi, uma fotógrafa brasileira apaixonada pelas cores da Invicta.


"É um fascínio fotografar um objeto
que só aqui se encontra com esta diversidade toda, esta elegância", disse Luciana
Bignardi.


Através de um trabalho moroso de
levantamento do património existente, os dois fotógrafos reuniram cerca de 200
imagens, exibindo uma parte significativa das 
clarabóias que povoam os céus da cidade. Esse acervo cultural será objeto
de um livro " Anima Luminaria", que está em preparação e à procura de
financiamento.


A exposição pode ser visitada até ao
dia dois de outubro e tem entrada livre.




 


+Info: Exposição "Anima
Luminária"


Casa do Infante


De segunda a domingo das 10 às 12,30
horas e das 14 às 17,30 horas.