Cultura

Fórum do Futuro 2016 apresentado amanhã

A terceira edição do Fórum do Futuro é amanhã apresentada à
imprensa, no Rivoli. Organizado pela Câmara do Porto, desde 2014, este "festival
do pensamento" pretende inscrever a cidade no mapa internacional de divulgação
do pensamento contemporâneo e volta, este ano, a ser ponto de encontro de
autores e interlocutores de experiências e visões singulares, em diversas
áreas. Sob o tema das "Ligações", o certame está marcado para de 1 a 6 de
novembro, voltando a ter como parceiros as fundações Casa da Música e Serralves
e o Teatro Nacional de São João.


Depois de ter recebido, nos últimos anos, nomes de
referência do pensamento mundial, alguns deles premiados internacionalmente com prémios
como o Nobel, aguarda-se, com expectativa, o anúncio das personalidades que
amanhã terá lugar pelas 15 horas, durante a conferência de imprensa.


Além de Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto e responsável pelo pelouro
da cultura da autarquia portuense, marcarão presença o diretor artístico do
Teatro Nacional de São João, Nuno Carinhas; o diretor geral da Casa da Música,
Paulo Sarmento e Cunha, e o subdiretor do Museu de Serralves, João Ribas.

Paulo Cunha e Silva foi o grande impulsionador do Fórum no Futuro com o qual queria transformar o Porto na "Davos do pensamento sobre o futuro". O vereador morreu poucos dias após o encerramento da edição 2015 do festival que ele próprio criou.


SITE OFICIAL DO FÓRUM DO FUTURO