Economia

Fitch mantém confiança na estabilidade e solidez das contas do Município

  • Porto.

  • Notícia

    Notícia

FITCH-RATINGS.jpg

A agência norte-americana de classificação de risco de crédito mantém o nível resultante da atualização comunicada em outubro passado (A-), informou num novo relatório. A Fitch assinala ainda um crescimento médio anual das receitas operacionais nos últimos cinco anos.

Num novo relatório, a Fitch mantém a confiança na sustentabilidade das contas públicas do Município. Em outubro de 2023, a agência de risco de crédito subiu o rating do Porto de 'BBB+' para 'A-' – decisão que se mantém inalterada.

Segundo a agência Fitch, os ratings 'A' dos Issuer Default Ratings (IDR) de longo prazo indicam que o risco de não pagamento pontual dos compromissos financeiros perante os credores ou investidores é muito baixo. Por sua vez, os IDR de curto prazo estabeleceram-se no nível 'F1', o mais alto para um IDR de longo prazo 'A-'.

O Perfil de Crédito Independente permaneceu em 'aa', devendo-se, essencialmente, às expectativas da agência para o reembolso da dívida.

O relatório nota ainda que, entre 2018 e 2023, o crescimento médio anual das receitas operacionais foi de 6,8%, acima do crescimento do PIB nacional (5,3%).

De acordo com a avaliação da agência norte-americana, "a cidade tem forte acesso à liquidez em diversas formas e não possui nenhuma linha de crédito bancária comprometida".

Além disso, "uma das principais características da economia regional é a sua forte indústria transformadora", já que "o Porto e a sua área metropolitana também beneficiam do setor vitivinícola, o que tem um impacto positivo no turismo", pode ler-se.