Sociedade

Fecham-se as portadas do Festival Varandas com contos e música brasileira

As portadas do
Festival Varandas abrem-se pela última vez esta sexta-feira, 25 de agosto, para
a última sessão dupla de contos e música popular da sexta edição da iniciativa.


O espetáculo é
dedicado aos contos e à música popular brasileira, num encontro marcado às 19 e
às 22 horas, na varanda da Associação de Jornalistas e Homens das Letras do
Porto (Rua de Rodrigues Sampaio), junto à Praça de D. João I.


Mantendo o figurino
estreado nesta edição, o Festival Varandas apresenta uma sessão de conto
ao fim da tarde, a partir das 19 horas, e um espetáculo de música à noite,
pelas 22 horas, tudo com acesso livre. O programa começa com
uma sessão de contos de cordel brasileiros (19 horas), apresentada por Linda
Rodrigues. Mais tarde, às 22 horas, as portadas abrem-se à música, também
brasileira, com o concerto de Leo Middea, numa mistura de tropicália, carimbó e
funk.


O Festival Varandas resulta
de uma coprodução da Câmara do Porto, Associação das Colectividades do Porto
(ACCP) e Plateia Paralela. Desde a primeira edição, já passaram pelas varandas
deste evento mais de 80 artistas, locais, nacionais e estrangeiros, em mais de
40 espetáculos que incluíram música, teatro, poesia ou projeções fotográficas.


Integrado no programa municipal "Verão é no Porto", a iniciativa que hoje termina ofereceu
espetáculos em vários espaços da cidade que permitiram ao público descobrir
novas e monumentais varandas de edifícios tipicamente portuenses. "Lusofónico"
foi o tema escolhido desta sexta edição.