Cultura

Extinto jornal "Metro" em destaque este sábado no ciclo "Um Objeto e Seus Discursos por Semana"

O extinto jornal "Metro" vai estar em destaque, este sábado,
dia 12, a partir das 18 horas, em mais uma sessão do ciclo "Um Objeto e
Seus Discursos por Semana", a decorrer na Casa das Artes.


Nasceu no ano de 1987, pela mão de Nuno Abrunhosa e Luís
Fontes. A publicação quinzenal, de distribuição gratuita, pretendia ser um "o
guia urbano do Porto", oferecendo aos seus leitores diversas informações sobre
a vida cultural e recreativa da cidade, através de reportagens e artigos que
abarcavam temáticas como moda, teatro, cinema, pintura, noite. O mote está
lançado para recordamos um dos ícones dos anos 1980 do Porto, contando com as
memórias do seu diretor e de dois colaboradores.


A 29.ª sessão do ciclo "Um Objeto e Seus Discursos por
Semana" terá como oradores António Eça de Queiroz, ex-jornalista e colaborador
do "Metro" e de outras publicações, Nuno Abrunhosa, fundador e diretor, entre
1987 e 1996, do "Metro", e João Gesta, programador cultural na Câmara do Porto,
onde organiza o ciclo poético Quintas de Leitura.


+ Info: Um Objeto e Seus Discursos por Semana